30 outubro 2012

Ataturk (pai dos Turcos)

Estive em Istambul há umas semanas atrás e como em qualquer viagem, ao saberem-me português, desdobraram-se em elogios ao futebol nacional.


Sou um homem de pormenores e não posso negar que suspirei de alívio ao constatar que a lista de clubes que sempre lançam para provar que sabem do que falam (ainda) começa pelo Benfica. Depois vem o Porto e logo a seguir (ainda) o Sporting. Outro dado curioso é que acrescentam o Braga ao rol dos "clubes muito bons".

Depois pormenorizavam e debitavam nomes de jogadores. Cristiano Ronaldo à cabeça, claro, e a seguir todos os tugas que por lá têm passado. No final, uma palavra especial para o Quaresma. Entre a admiração e a nostalgia.

É um país do caraças. Há uma CNN turca e tudo!
Uma noite, ao fazer zapping antes de adormecer, algo me prendeu a atenção na CNN. Aqueles persas falam um raio duma língua de trapos que não se entende ao escutar e mesmo ao ler pouco ou nada se percebe no entanto, no rodapé, lá estava uma palavrinha que eu entendia: o nome português de um cigano que apaixonou o futebol daquele país.

Não vos sei dizer se este senhor é o Presidente que o está a entalar, se o Freitas Lobo lá do sítio ou o Mister que não tem permissão para o convocar. Sei que as pessoas com quem falei eram unânimes em achar uma injustiça o que lhe estão a fazer porque - não fosse aquele um país de comerciantes - "um contrato é um contrato. Mesmo em tempos de crise, é para cumprir!"

Tem sido para mim um mistério este encanto que o povo turco nutre pelo Ricardo mas depois de caminhar pelas ruas de Istambul e ver dezenas, centenas, milhares de rapazes iguais ao Quaresma - e mesmo algumas raparigas!!! - fico a pensar se não terei deslindado o mistério...

12 comentários:

JL Martins disse...

Olha que engraçado, tive experiência idêntica há 1 mês... Contudo, e ao contrário de ti, todos conhecem Portugal por causa do futebol, Ronaldo, Mourinho e... Porto. Do Benfica muito poucos falaram e do Sporting só mesmo os mais entendidos.

Uma experiência que eu lamento, mas que comprovo um pouco por todos os países por onde passo.

PS: E sim, o Quaresma é uma espécie de semi-deus!

pelicano disse...

Não são persas, são turcos, persas é no Irão ó gordo!

pitons na boca disse...

O que eu me ri à conta do ultimo parágrafo! hahaha

O território turco chegou a fazer parte do império Persa, apesar de ter sido há muitos milhares de dias atrás.

POC disse...

Quaresma que venha para trinco ou lateral esquerdo ou suplente do Maxi.

Este é um blogue que vai a Istambul. Sinto que nem para o ler tenho qualidade.

Germano Bettencourt disse...

POC, raios para a tua conversa. Então tu vens aos Açores e dizes uma coisa dessas? Sinto que rebaixaste todos os Açorianos, :-)

POC disse...

@Germano Bettencourt, compreendo, mas Açores é Portugal. Sou um gajo terra-a-terra, os Gordos são gajos viajados, vão a Istambul almoçar, Londres jantar, fazem compras em Paris...

MédioCriativo disse...

POC,

Ei, como é que sabes isso?!?!?

pitons na boca disse...

A malta sabe os vossos nomes completos. Bastou ir às facturas da agencia Cosmos e procurar pelos vossos nomes do meio. :)

POC disse...

É verdade. Eu trabalho na Cosmos, mas só marco viagens de benfiquistas.

B. disse...

Adoro a paixão pelo Futebol que alguns países têm (inclusivamente o nosso...).

O "Superclássico" do fim-de-semana passado é exemplo máximo disso... E o Mora lá marcou mais um naquele que é o maior Derby do mundo provavelmente...

Germano Bettencourt disse...

Com tanto conhecimento de causa, cheira-me que o POC também e gordo, e nada escola ia à Baliza! Cheira-me...

Ao menos dizes que os Açores são Portugal, menos mau. :P

Dia 20 conto ir à Luz ver o Celtic. Que bancada e lugares me aconselham? Quero assim um lugar bonzinho. No Domingo seguinte vou ver o jogo do campeonato e aí pode ser um lugar menos bom, mas que dê para ver.

POC disse...

@Germano Bettencourt, na baliza sou um Preud'Homme, mas sempre joguei à frente e almoço sempre por cá, não sou como os Gordos que vão a Istambul petiscar.

Sobre a bancada, depende muito duma coisa: preferes estar perto deles ou ver melhor o jogo?
De qualquer forma, como calculo que para ti seja menos frequente vires cá, aconselho a central, mas calculo que lá em baixo esteja cheia com cativos. Gosto de ver lá em cima, podes tentar as primeiras filas do 3º Inferior.