10 dezembro 2012

Dica de um inimigo

Querem ganhar a este Benfica de risco do Jesus?


Simples:
- Pressão na transição do Benfica tentando recuperar a bola cedo para o "contra-golpe".
- Manter o máximo a posse de bola dando um baile ao meio-campo por vezes inexistente do Benfica.
- Colocar no 11 jogadores com muita qualidade de passe e de posse, exemplo (não falo da defesa porque quem quer que jogue é fraco comparando com o ataque do Benfica):
     -> Rinaudo, Elias, André Martins, Izmailov, Carrillo e Volkswagen.

O Izmailov ajudará à troca de bola mais que o Capel, o Carrillo é o gajo para o contra-ataque fulminante e o Volkswagen é uma escolha óbvia. Quase tirava o Carrillo para colocar o Pranjic... Assim a posse era total, o Benfica andava às aranhas sem bola. Mas pode tornar-vos muito lentos.

Enfim, fica a dica... 


PS: Mas pronto, depois acaba 1-2 com golos do Cardozo...

5 comentários:

GNR disse...

A sorte é que o Vercauteren não sabe ler português e o Oceano não sabe ler....

MédioCriativo disse...

B,
Muito bom. Brilhante P.S.

GNR,
Muito bom. Brilhante comentário.

Mike disse...

o benfica é o maior do mundo pá! ninguém nos ganha!

agora a sério, basta povoar o meio campo com gajos de qualidade.

se eu fosse o franky ia com o andré martins, elias a trinco, adrien e ismailov (mais descaido para a direita).

não gosto nada do rinaudo, comigo nunca jogava. faz-me lembrar o bynia.

ter um gajo rápido, com qualidade e que não passe o jogo todo a olhar para a relva como faz o capel que a juve leo adora, ou seja, o carrillo, que jogaria mais na esquerda até para aproveitar uma possivel presença em campo do gémeo do maxi, e depois o matador volkswagen na frente.

na defesa é que não há nada a fazer, mas o franky pode sempre jogar com os da equipa b que sempre são melhores que os xandões e os rojos.


Joao disse...

Vamos lá ver o que vai fazer Jesus depois de o Benfica ter feito "aquilo que nenhuma equipa fez em Barcelona"...

Germano Bettencourt disse...

O inimigo estava a descrever a equipa do Barcelona, certo?