01 setembro 2013

E agora mais a sério...

- O Benfica jogou nicles. Com aquela qualidade de jogadores insistimos em ter a bola no chão só no último terço do terreno, isto não faz sentido nenhum e parece que o Jesus está a recorrer a uma estratégia em que protege os jogadores pouco talentosos, que não temos!

- Depois os laterais não são neste momento solução para o Benfica. Continuam iludidos a achar que o Cortez fez um bom jogo e que o gajo até é bom, mas não é... o gajo não é de todo jogador de Futebol, o Melga dá-lhe 10-0 e corremos com ele. O Maxi já todos percebemos que parece ter 35 anos e já nem de pitons de alumínio se safa. Adoro o homem e a entrega, mas já chega... Venha outro e ele que fique para a cobertura. Isto é tão urgente e óbvio que não compreendo como é que não se resolveu...

- Rodrigo e Lima na frente nunca resultou com equipas que saibam minimamente o que é Futebol, muito menos quando metem o Lima à frente do Rodrigo em vez de fazer o inverso... O Rodrigo à frente do Lima seria apenas colocar os 2 jogadores nas suas posições originais! Mas não... adaptar é que é giro.

- Dois médios de perfil não funciona sempre. Ou o 2º avançado apoia (e aí devia ser o Gaitán ou o Djuricic a assumir o papel, em vez do Rodrigo ou Lima) fazendo de 8 a defender e de 10 a atacar, ou então só vamos jogar com a bola no chão contra as equipas mais pequenas.

- O Jesus grita 30% do que gritava, a renovação parece não lhe ter feito nada bem... Os "seus" jogadores também parecem mais cansados do que no final da época passada e para isso mais vale apostar nos novos que têm algo a provar.

- Salvio lesionado a titular é uma aberração. Até parecia que não tínhamos soluções...

- Algo tem que mudar, senão acabamos como em 2011 a 21 pontos do Porto.

10 comentários:

hertz disse...

Há muita coisa que está mal na equipa. Muita mesmo.
Acho que era mais provável comprarmos o Messi ou o CR do que comprar um LE de jeito. Sei lá, parece que é uma missão impossível para o Benfica.
O Maxi não devia jogar mais mas vai continuar por causa do seu estatuto, nem que enterre em todos os jogos como tem feito. Nestas 3 jornadas, todos os golos que sofremos foram do lado dele.
Mas pronto, se o Porto ganha hoje o campeonato está entregue. É começar a pensar na próxima (pelo menos em relação ao campeonato). Têm um ano para encontrar um LE de jeito. Será desta?

Diogo Gaspar disse...

Concordo com o Hertz, é mais provável comprar o CR ou o Messi que um LE competente.

No entanto já se fazia era a época inteira com o André Almeida, porque até agora em todos os jogos sofremos golos do lado do Maxi.

Alberto disse...

Maxi e Luisão têm de sair do 11 titular. Aquele lado direito é um passador.

Apesar de não concordar com a opinião que têm do Cortez, mandar embora o Melga é uma aberração. Mesmo assim reparem por que lado ocorrem 90% dos lances perigosos contra nós. O ano passado já assim era (basta ver por onde surgem ambos os golos do Porto no jogo do Dragão). Enquanto toda a gente se preocupa com o LE o nosso maior problema está no lado direito da defesa, e não é só no Maxi.

Alberto disse...

Quanto ao campeonato não acredito que fique entregue, mesmo que o Porto ganhe. Mas eu sou um optimista incorrigível :)

B. disse...

Alberto, não consigo sequer entender a linha sobre o Luisão. Foi o melhor em campo do Benfica ontem e limpou a merda dele e de quase todos os outros...

formatted error free disse...

na questão da troca de posição entre o lima e o rodrigo, em tese acho que tens razao. mas num grupo de pessoas, existem estatutos diferentes que cada um vai ter. pôr o lima atras de rodrigo implica que o lima passe a "trabalhar para o rodrigo". e o rodrigo é um miudo, enquanto o lima tem um estatuto mt superior pela idade, experiencia e numeros q tem. julgo que é por essa razão que o jesus os poe a jogar assim e se for por isso concordo com ele.
de qualquer maneira, penso que nunca poderam jogar os dois ao mesmo tmp. não faz sentido e não da resultados.

Carlos Loureiro disse...

Vocês devem ser bons treinadores!!! Quais clubes treinaram?
Com treinadores tão competentes, é realmente difícil para quem nunca fez mais nada do que comandar 26 homens, nos treinos e jogos. 40 anos de futebol? Isso não é nada comparado com umas horas por semana sentado no sofá.
Ide-vos f.......
Vejam na Benfica tv os jogos ingleses e sigam o exemplo dos adeptos, que apoiam.

Henrique disse...

B., o Luisão esteve bem quando o Sporting estava em ataque posicional, o que não é difícil, a única coisa que eles fazem é cruzar a bola para a área. O Sporting foi perigoso quando a bola entrava em transição no Montero no apoio frontal, e aí o Luisão não esteve nada bem. O Garay esteve uns furos acima, mas também nada de espectacular. Claro que o Montero tem bastante qualidade, mas os centrais do Benfica deveriam ter dificultado muito mais. Posso estar errado, apenas vi o jogo em directo, mas foi essa a ideia que fiquei.

O Maxi como defesa é inexistente. Mesmo quando está bem posicionado consegue ser ultrapassado por qualquer meco da 1ª Liga.

Pareceu-me que o Cortez fez um jogo bom, não me recordo de nenhum lance em que tenha estado francamente mal.

David Duarte disse...

Realmente Carlos Loureiro, adeptos a falar de tacticas e merdas dessas e a pensarem que percebem alguma coisa disto. Isto é tão ridiculo como ter pessoas que, là por serem cidadãos, vão votar e pensam que percebem alguma coisa de politica.

David Duarte disse...

E esta merda do futebol inglês jà chateia. Olha:

- apoiam tanto que são capazes de criar um clube novo quando o deles muda de presidente;

- vai perguntar ao Benitez o apoio que teve no Chelsea;

- pergunta agora ao Wenger o apoio que ele tem (bem, agora não que là conseguiram três bons resultados e os adeptos jà se calaram... são assim tão diferentes?);

- pergunta là às dezenas de treinadores que foram despedidos nos ultimos anos e de quem não se fala porque "ah e tal o Fergunson" se eles foram apoiados;

- pergunta là aos Moyes se ele terà apoio quando o Man United não ganhar nenhum titulo nos proximos três anos... Ah e tal, o Fergunson outra vez?! Pois mas quando ele chegou ao Man United este clube apesar de simbolico (1958, 1968) nunca tinha dominado o futebol inglês... agora a situação é outra;

- Mas espera, estavas a falar de aopio no Estadio? Pergunta là ao Torres o apoio que teve dos adeptos durante dois anos no Chelsea;

Vives num conto infantil!