25 junho 2014

Meninos, eu vi...

O Futuro.

Vi-O ontem ao final do dia. Veio até mim naquele seu jeito inconfundível sempre que toma a forma de uma segunda parte de um jogo de um Campeonato do Mundo de Futebol. Vocês sabem como é...

E ele mostrou-me o ponto a que (já) chegou um miúdo chamado James Rodriguez - é mesmo assim que ele se chama, embora o comentador travasse uma luta com a própria língua sempre que lhe queria dizer o nome, saindo invariavelmente uma espécie de Ramos Rodrigos...

Quando jogou em Portugal o James era muito bom. Mas aquilo que eu vi ontem naquela segunda parte está muito para lá disso. Ao entrar, mexeu o jogo todo. Jogou, fez jogar, marcou (golaço!), deu a marcar, e parecia que se quisesse podia correr três vezes mais depressa e/ou fintar mais sete ou oito japonezinhos.... o que fosse necessário.

A continuar assim - e depois de longas horas no ginásio e a fazer as sobrancelhas, claro - não tenho qualquer dúvida de que aquele miúdo será o Cristiano Ronaldo da era pós-Cristiano Ronaldo!

No reverso da medalha, também por lá andava o Guarín com o dobro do peso e o quádruplo da peida.

4 comentários:

Limon Head disse...

Ele já jogava assim em Portugal.. para o ver bastava tirar os óculos vermelhos!

71460_5/8 disse...

clama que os portistas dizem que o Quintero é melhor LOL

Joao disse...

O Quintero não é melhor do que James mas terá a sua qualidade... Creio que se o Porto tiver um bom treinador (e tiver conseguido resolver os problemas internos...) iremos ver alguns atletas como Quintero ou Herrera a darem nas vistas...

Já agora, começo a achar mesm sem Falcão, que a Colômbia prepara-se para fazer história no Brasil...

joaoc disse...

joao, se calhar o "segredo" é mesmo esse... " sem Falcão, que a Colômbia prepara-se para fazer história". Se é para ter um CR7 lesionado preferia não ter...