11 novembro 2014

Carta aberta a quem a carapuça servir: Exigência sempre...

O que sinto neste Sporting foi o que senti (noutra escala) no Benfica de há bem pouco tempo...

Este Sporting está pouco exigente. Os adeptos estão pouco exigentes... a crítica fácil ao árbitro para sacudir a água do capote, assobiar para o lado como se estivesse tudo bem menos isso... não leva a lado nenhum... é quase uma Coreia do Norte que o Vieira há bem pouco tempo criou e convenceu grande parte dos adeptos do Benfica (repito, noutra escala).

O Gordinho faz o que quer, com quem quer, seja com antigas glórias, seja agora com a estrela da equipa mais amada pelos adeptos, protege-se dizendo que está a defender o clube (e acredito piamente que seja a intenção dele), mas acaba por simplesmente estar a gerir o clube e os jogadores como se fosse uma sala de aula... Nem ele sabe o suficiente para ser Professor e já quer dar aulas?

O Benfica quando perde na Luz 2-3 com o Porto, depois de vir de 2 jogos VERGONHOSOS com a Académica e mais não sei quem... onde fomos assaltados à mão armada pelos árbitros, assalto esse que se repete no jogo da Luz, perde emocionalmente o Campeonato. Culpa de quem? 90% grita: DOS ÁRBITROS!!

Não... a culpa não é dos árbitros... O Benfica em jogos com equipas mais pequenas TEM de criar mais oportunidades, TEM de jogar mais, não pode vacilar por uma ou outra má decisão do árbitro... No final das jornadas todas, ANO APÓS ANO, esses erros diluem-se e os pontos perdidos são, na maioria das vezes, culpa da equipa...

Uma coisa é criticar as decisões a quente, reagir por isto ou por aquilo... outra é ilibar de culpas a estrutura e a equipa técnica... Raramente aponto culpas aos árbitros, sou até criticado por isso, que acho que o Benfica tem de marcar sempre mais 1 golo mesmo que lhes anulem 2, que o Benfica tem de sofrer menos 1 golo mesmo que lhes marquem 2 mal validados... e é mesmo isso que acho. Essa exigência que muitos dizem disparatada, é para mim natural que conheci o grande Benfica, e não aquele Benfica que começou a quebrar e do qual muitos de vocês têm em exclusivo na memória.

O Benfica tem de ganhar os jogos TODOS menos fora com o Porto e fora com o Sporting... QUALQUER jogo em que esta regra não seja cumprida, é para mim um mau resultado... QUALQUER!

Porque o Benfica é mais forte que todos os outros, tem mais dinheiro, tem mais nome, tem mais recursos, é o MÍNIMO exigir isso...

Não estou a dizer que não aceito que isto por vezes falhe... claro que aceito... e acontece e há-de acontecer sempre... mas não dou palmadinhas nas costas nem culpo a merda dos árbitros... porque ao final de 30 jornadas, a culpa não é deles... os 2, 5, 8, 20 pontos com que acabámos atrás de alguém são culpa NOSSA! Porque não superámos as dificuldades, porque não fomos melhores quando tínhamos que ser...

Uma coisa é criticar uma arbitragem, isso, embora muito raro, também faço! Outra é culpar os árbitros pelos nossos maus resultados... Isso não concebo nem nunca vou conceber...

Dicas aos Sportinguistas:

Os 8 pontos que têm de desvantagem não é culpa dos árbitros...

- é culpa de terem pior equipa que os adversários directos,
- é culpa de em modo clube pequeno se entusiasmarem com os jogos com as equipas grandes, onde fizeram bons jogos e bons resultados, esquecendo-se de manter a atitude com os pequenos,
- é culpa de resultados em casa vergonhosos onde ganharam 2 jogos e um deles ao Arouca nos descontos quase,
- é culpa de não terem comprado um central de jeito e terem aplaudido de pé toda a gestão de plantel que o gordinho fez,
- é culpa de acharem que o William é o Matic quando até já sai aos 46min e já perceberam que é difícil receberem o que pelos vistos ofereceram por ele,
- é culpa de depois de uma época inesperada em termos de pontos na 1ª liga acharem que já podiam gritar que eram candidatos, quando só melhoraram no Nani,
- é culpa de arranjarem sempre bodes expiatórios para culpar em vez de perceberem que a culpa principal é do clube e da gestão,
- é culpa de acharem que são as vítimas principais do mundo do futebol, mas depois verem naqueles "apanhados" de pontos ganhos ou perdidos com erros de árbitros que afinal estão como os outros,
- é culpa de viverem numa bolha onde tudo o que o gordo diz é lei, e tudo o que os outros dizem é para vos prejudicar,
- é culpa de acharem que a imprensa está sempre toda contra vocês,
- é culpa de serem pouco exigentes com a equipa, que tal como o Benfica, tem de ganha TUDO o que lhes aparece à frente menos os confrontos fora de casa com os grandes...

Deixem-se de merdas...

42 comentários:

Roberto Rensenbrink disse...

1000% de acordo.

Não descartando os erros arbitrais e a influência que têm nos resultados, estou totalmente de acordo contigo.

Os dois campeonatos perdidos para o Vítor Pereira são culpa «nossa», a final da Liga Europa do ano passado é culpa «nossa?, porque falhámos defensiva e ofensivamente.

E depois há um cinismo de trampa nesta patacoada toda: em Alvalade, há um fora de jogo de 4 gajos do Sporting, de metros e... nada; há um penaltie do Cedro sobre o Hurtado; há falhanços incríveis do Eslami, um deles de baliza aberta... Sobre isso, népias...

A calimerice é a desculpa dos fracos, mesmo que saibamos que as verdades não se excluem, antes se agregam.

Cafageste disse...

Falar de barriga cheia é fácil.

Estoril, Arouca, Moreirense, Rio Ave e Nacional. Se calhar é por isso que preferes falar do Sporting. Para ver se não se fala na vergonha que tem sido este campeonato.

Louvo a capacidade de invenção do primeiro comentador. Pénalti do Cédric? Muito bom! Serão alucinações visuais? Sabe que isso pode ser uma manifestação de dependência alcoólica? Vai sair proximamente um artigo do género numa Revista de Psiquiatria!

Mike Portugal disse...

looooooooooool

Depois quando há um erro contra vocês, é vê-los a chorar por todos os cantos. É tão bom falar quando só há erros a nosso favor não é?

Shiver disse...

Não vale a pena esse latim todo.

Já agora discordo da parte de perder em alvalade,bom resultado?
Nós a jogar mal não levamos 45m de banho de bola de Paços nenhum desta vida.
Discutir bola com quem não sabe o que é um fora de jogo,um golo anulado,etc é puro masoquismo.

Influência Arbitral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Influência Arbitral disse...

As condicções em que se compete na Liga influênciam o rendimento desportivo dos clubes.
Nos 190 jogos dos últimos 7 campeonatos, o Sporting com um saldo favorável de 18 penaltis conseguiu conquistar 346 pontos. O Benfica com 29 penaltis conquistou 443 pontos e o F.C. Porto com 45 penaltis conquistou 458 pontos. O Sporting mesmo que beneficiasse de mais 11 penaltis não consegueria acrescentar mais 97 pontos para igualar o Benfica.
Para o Benfica ter as condiccões do Porto(+16 penaltis que o rival) somente se beneficiasse de mais 32 penaltis a favor, nesse caso qual seria a equipa com mais pontos conquistados?
Esclarecedor!

Cafageste disse...

Agora trocar a bola para trás e para os lados e queimar tempo é dar um banho de bola... Oportunidades? Uma, que deu golo! Ui, que grande banho! Este pessoal olha para o resultado e constrói a opinião a partir daí...

Há pessoal que nem com explicações consegue perceber porque é que no lance do Montero não havia fora-de-jogo. O Slimani faz-se ao lance? É verdade! Mas que culpa tenho eu que a FIFA tenha mudado a interpretação dessa regra? Não sabem? Estudassem! Foi a FIFA, não a APAF, que essa nós já sabemos quem controla...por enquanto! Mas isso vai mudar!

Preocupem-se mas é em aguentar lá o Vítor Pereira, porque senão o colinho vai acabar e ainda acabam abaixo do 8º...

Fernando Tomás disse...

Discordo totalmente em termos do conceito mas não no que diz respeito ao SCP.
Ainda no domingo existe infração antes do momento em discussão.
O fora de jogo é evidente quando o central pacense corta de cabeça para evitar que Slimani receba em fora de jogo, é obrigado a desposicionar-se e como tal o sportinguista tem influência na jogada que é interrompida e bem.
Discordo da existência de um handicap legitimo nas arbitragens, no desporto de alto rendimento tal é decisivo, ignorar isso como um factor atenuante do insucesso é o mesmo que que não reconhecer o inverso(pois é!), é ser hiper-exigente com os outros, por vezes injusto, até com os nossos, que necessitam do nosso apoio, precisamente nos momentos em que vêm o seu esforço vilipendiado.
Pode ser-se hiper-exigente, condescendente ou simplesmente ou não apto a avaliar, eu pertenço a uma variante criteriosa que apta a avaliar distingue erros ocasionais dos recorrentes, legítimos dos grosseiros.
Desde 2004 que a arbitragem no futebol português recuperou a idoniedade...já não é nada mau!

olhosnabola.com disse...

Aqui em Portugal é sempre a mesma história. Quando há perda de pontos a culpa é do árbitro...CHEGA!
Para quem gosta do jogo jogado do ftuebol em estado puro convido-vos a passar no nosso estádio: olhosnabola.com

Héber disse...

Alguém que mude o nome do blog para Patricio, vai á baliza! sff

Kiddo! disse...

Se a culpa não for dos árbitros pode ser dos illuminatti?

Manuel disse...

Foda-se! É preciso ser-se muito burro para comparar as situações do Benfica com o Sporting, quando o Benfica sempre foi o alvo a abater por parte do Sistema, criado precisamente para esse efeito pelo PC e o Pedroto mais toda a quadrilha que os rodeou ao longo dos últimos 30 anos!

Basta ler o que escreve o Influência Arbitral, factos sem possível contestação, para se verificarmos que só os burros podem afirmar outra coisa, apenas porque ou têm défice de inteligência ou possuem outros interesses.

Não é com adeptos benfiquistas desses, com aqueles que são burros e que têm orgulho nisso, que o Benfica vai lá!
Só com adeptos benfiquistas inteligentes e bem informados, com tomates para defender a verdade e os factos, que o Benfica será capaz de se elevar ao sítio que lhe pertence.
Os outros podem continuar nas cloacas onde campeiam a lamber as pústulas que os corroem!

Zé do Arrebimba disse...

Falta uma. Culpa do Artur, porque nesta altura estariam a 11 e não a 8.

Mario Graca disse...

"O Benfica tem de ganhar os jogos TODOS menos fora com o Porto e fora com o Sporting... QUALQUER jogo em que esta regra não seja cumprida, é para mim um mau resultado... QUALQUER!"

Subescrevo, mas olha que nesses tais 2 jogos, a arbitragem pode ter, e tem, influência no resultado, precisamente pq são quase sempre jogos muito equilibrados, muitas vezes decididos por..."detalhes". Houve muitos exemplos mas assim de repente lembro-me do golo anulado ao Amaral, lá nas antas, pelo donato ramos. Ok, era a Supertaça...mas era um porto-Benfica em que nós eramos muito mais fracos e fez toda a diferença.
Os felizardos, como nós, que viram o Grande Benfica, têm esse nivel de exigência, mas é difícil que quem só conheça o Benfica a partir dos anos 90, o tenha.
A 1ª vez que fui à Luz, tinha 4 anos e perdemos na moeda ao ar com o Celtic. E como sabes, nos anos 70/80, os Velhos do Restelo diziam que nos anos 60 é que era, qd achava eu que tinhamos a verdadeira equipa de sonho!
Das dicas ao Sporting, não tirava nem uma vírgula. Na mouche!

Shiver, (o Mozer dos aziados) olha que o Gordo não considera perder em Alvalade, um bom resultado. Pode aceitar um empate como bom, mas nunca uma derrota.

Abraço e viva o Benfica

Diogo Costa disse...

Bem, então aproveito aqui a hora de que disponho, para escrever em jeito de despedida (desculpa, Símio, mas terás de viver com a minha ausência).

Desconstruindo as várias fases deste texto.

Fase 1. Hipocrisia. Eu leio este texto, ou parte dele, e dou por mim a pensar no seguinte: ok, é justo. A partir de agora, não só teremos de deixar os posts ofensivos da fruta, como teremos todos de assinar os devidos papéis e enviá-los em forma de desculpa lá para o clube do norte. Afinal de contas, nenhuma culpa assiste aos árbitros. A derradeira culpa é, isso sim, nossa e da nossa cultura de exigência. Em alguns jogos demos tudo e não ganhámos. Azar, devíamos ter dado mais ainda. Vinte anos de fruta? Longe disso. São vinte anos de fraca cultura de exigência.

Fase 2. Burrice. A equipa do Sporting é má. A equipa do Sporting não jogou nada. Gordo, que mal te pergunte: qual foi o jogo conseguido que o Benfica fez este ano? Certo. Agora pensa: e quantos pontos perdeu? Três. Então, se assim é, por que raio tem o Sporting de jogar bem para vencer, fazendo dois golos suficientes para arrecadar os três pontos, quando o Benfica joga mal e porcamente, marca menos golos legais do que o adversário (vide nacional), e chega para levar os três pontos? Não encontras um padrão aqui? Engraçado que, só este fim-de-semana, o Sporting marcou dois, o Benfica um legal, sofre outro legal, devia ter perdido três pontos para o rival, mas, na vez disso, ganha os ditos três pontos no sentido inverso. Se isto não é um novo modelo matemático, então não sei o que será.

Fase 3. A fase do confronto. Esta fase da confronto caracteriza-se por três conceitos, que variam consoante a forma como os assimilamos. Também é possível que, em alguns casos, se misturem todos eles numa mesma pessoa, o dito lampião. Conceito número 1: o chamamento. Este é o conceito que os aproxima mais do modelo do norte. A coisa pega, torna-se fácil e gosta-se, porque é sucesso garantido. Conceito número 2: coincidência. Afinal de contas, tudo não passa de coincidências. O presidente da APAF diz que são erros naturais. São erros que custam pontos a uns, os mesmos de sempre, e erros que dão pontos a outros, os mesmos de sempre. Seja como for, é obra do aleatório. E já que falamos de coincidências, podemos recordar a reunião livre e despudorada entre um presidente da liga e um presidente de clube, ali, à mesa, como quem convive e fala das diabruras da vida, sem a mínima pretensão clara de viciar o que quer que seja. Coincidência também, duas horas depois do jogo de domingo, é percebermos que o mesmo árbitro que nos assinalou fora de jogo no golo de domingo, ser aquele que exibe orgulhosamente, na sua conta de facebook, o like ao carrega benfica. Porque, como é lógico, um árbitro, antes de o ser, é adepto de um clube. Porque, como é óbvio, e no exercício de uma profissão que se quer imparcial, faz sentido exibir este tipo de marcas. A não ser, claro, que tal gesto de solidariedade esconda uma espécie de escolha cuidada para encontros em concreto. Uma espécie, vá lá, de símbolo secreto. "Ok, vais a jogo. Vais à luta hoje. Força, vence pelos teus". No fundo, e como dizia o outro: "todo o homem nasce bom e a sociedade é aquela que o corrompe".
Conceito número 3. A negação. A necessidade de elaborar um texto destes, depois de outros que se borram com jornadas de luta no pós benfica-porto da era Proença, e que destilam ódio ao fora-de-jogo milimétrico. O mesmo tipo de fora de jogo e erro que, visto deste lado, e durante anos a fio, cheira a choradinho. O mesmo tipo de ódio que, por essa data, dá em fronha partida no centro comercial, mas que, deste lado, devia dar antes um pedido de desculpa por óbvia indignação. Porque, afinal de contas, na frente vão os melhores. Na frente vão aqueles que tudo fazem para ganhar e que jogam bem e são melhores em todos os momentos do jogo. Como se isto fosse um jogo de ATP. Claro, Gordo. Palmas.

Kiddo! disse...

"...quando o Benfica joga mal e porcamente, marca menos golos legais do que o adversário (vide nacional),..."

Qual foi o golo legal do Nacional que não foi validado?

Benfiquista Primário disse...

Os adeptos da produtora de humor do Lumiar exigem muito dos árbitros porque sabem que não podem exigir títulos da equipa.

Shiver disse...

Cafageste: De certeza que sabes a lei da fifa?Ve lá melhor.

http://www.fifa.com/mm/document/afdeveloping/refereeing/law_11_offside_en_47383.pdf

Ver slide 17

Por falar em leis,continuam com a historia do golo anulado ao nacional,como se uma mentira contada muitas vezes se tornasse verdade.
Diogo pá adoramos os teus muros da verdade,não te afastes por muito tempo,we miss u.

Dr. Ghozé Pablito disse...

Este post é bastante confuso. Mistura alhos com bugalhos e tira conclusões abusivas, claro. A Liga Europa foi perdida por falta de exigência? Deixa-me rir. Os campeonatos do vitor pereira foram perdidos por falta de exigência? Rio-me novamente. A questão é que se exige máxima competência ao Benfica, mas ao porto quando a mesma falta e se socorrem do auxílio dos apintadores nós o que fazemos? Assobiamos para o lado? No último campeonato do vitinho, em que eles fizeram mais 1 ponto do que nós o fcp foi beneficiado diretamente em 6 pontos! Pelo menos! Assim não há exigência que aguente. Claro que devemos ser mais exigentes que os adversários, mas quando eles recorrem à batota devemos calar-nos e pedir ainda mais aos nossos? Que tipo de discurso é este? Quanto ao sporting, coitados, vivem desde os anos sessenta com a ilusão de que lhes roubámos o Eusébio e nunca recuperaram disso.

Viva o BENFICA!

Cafageste disse...

Shiver, eu sei ler. tu também deves saber. O teu problema é mais de interpretação... Limitação intelectual, portanto!

Só nessa cabeça é que o exemplo 17 se adequa a esta situação. Mas espera, se o 17 nos desse razão, dizias que era o 15 ou o 16, não era?

Já tenho dúvidas quanto à limitação intelectual. Se calhar é só mesmo desonestidade!

artnis disse...

Os judeus lamentam-se junto ao Muro, os lagartos é no fundo do fosso.

Benfiquista Primário disse...

Vão ficar pelo menos três semanas em oitavo lugar, eles que estão mais habituados ao sétimo - isto não se faz a ninguém, muito menos a quem tanto nos faz rir.

Cafageste disse...

Eu, se fosse lampião, preocupava-me era em saborear a liderança enquanto ela dura. Já não falta muito para a queda do Vitor Pereira...

Dr. Ghozé Pablito disse...

Isso, continuem a iludir-se que somos levados ao colo. É da maneira que mais depressa se afundam na classificação. Enquanto procurarem fora do vosso clube as culpas para as vossas próprias limitações, os adversários agradecem :-)

Shiver disse...

Cafageste mesmo depois de me chamares burro e desonesto,pelo ultima vez que já cheira mal:

"making a gesture or movement which in the opinion of the referee deceives or distracts an opponement.The opponent must be reasonably close to the play so that the blocking,deceiving or distracting makes a difference."

Se não foi isto que o Slimani fez então desculpa,tenho a cabeça e a televisao avariada.
Perdoa-me a desonestidade e a burrice que já nasci com ela e passar bem.

Benfiquista Primário disse...

Ora aí está. Nem mais.

Benfiquista Primário disse...

Qual Vítor Pereira, o ex-árbitro que é sportinguista assumido ou o 'I speak the tru!!!'?

Benfiquista Primário disse...

Deixa estar, Shiver, ele não percebe Inglês, só percebe galego.

Cafageste disse...

Shiver, só na tua cabeça é que ele fez algum tipo de gesto que pudesse bloquear, iludir ou distrair alguém. Eu entendo. É a visão selectiva! Tivesse o golo sido marcado por um gajo com uma camisola vermelha e tínhamos o árbitro a ser crucificado na praça pública.

Eu não preciso de me convencer de que estão a ser levados ao colo. Estoril, Arouca, Moreirense, Rio Ave e Nacional já mo mostraram.

Essa do Sportinguista assumido serve de desculpa para tudo. É para este, é para o Duque... E essa a vossa forma de negação da Aliança com os andróides? Não são muito eficazes...

Quando o Vitor Pereira for corrido veremos o quão "Sportinguista" ele era.

Benfiquista Primário disse...

Sim, cafageste, e o Homem nunca foi à Lua, mas há marcianos a aterrar na Terra todas as semanas...continuem sempre agarrados à vitimização e às teorias de conspiração, por favor. Porque assim fazem-nos rir e vão continuar a ver o campeão nacional e o Fruta Corrupção Pancadaria dividir os títulos.

Benfiquista Primário disse...

Quanto à suposta Aliança, a única Aliança que houve foi entre o Vale e Azevedo com cabelo, presidente da produtora de humor do Lumiar, e o Rui Alves, outra virgem impoluta. Os presidentes dos restantes 27 (vinte e sete, ou se quiseres XXVII, para usar a numeração do tempo em que o Oitavo classificado ganhava títulos) clubes juntaram-se para salvar a Liga e o campeonato português que ela organiza. É o que fazem as pessoas adultas - os putos imaturos amuam, os adultos fazem cedências mútuas para defender um interesse comum. Os principais patrocinadores da Liga eram o BES e a PT/Meo...por isso, este ano, a própria existência da Liga e dos campeonatos profissionais de futebol esteve em risco. A Liga não tinha dinheiro para mandar cantar um cego, como a produtora de humor do Lumiar, curiosamente. Mas como a Liga não pode recorrer aos putos da formação e fingir que é por opção nobre e não por incapacidade financeira, lá tiveram os XXVII clubes que se juntar e tentar garantir a sobrevivência da Liga e dos campeonatos, que todos queriam apesar das divergências.
Foi pena o Celta de Vigo não ter aparecido.

Cafageste disse...

O Celta de Vigo andava mais preocupado em ganhar em Camp Nou. Tinha mais que fazer! Larrivey, conheces? Ou...Nolito?

Agora a Liga jorra dinheiro! Há pessoal que se acha tão esperto, mas engole tudo o que o Querido Líder lhes diz...

Eu também me rio com as figuras que vocês fazem. Por exemplo: de se apresentarem com um clube ganhador, que divide alguma coisa com os outros, quando ganham muito de vez em quando. Bem sei que mais vale pouco do que quase nada, mas é de uma falta de noção...

Benfiquista Primário disse...

Não, a Liga não jorra dinheiro, mas existe e o campeonato está a decorrer, por muito que custe aos adeptos do oitavo classificado.
E não, as minhas fontes não são o Luis Filipe Vieira.
E não, dividir não quer dizer necessariamente que seja dividir em metades iguais. Aprende-se na escola primária. Ou em Vigo não havia escolas primárias? Só precisas de saber uma coisa: entre o primeiro lugar e o oitavo, há sete.

Cafageste disse...

Acho curioso que no mesmo comentário consigas falar de Vigo e do número sete...

Ainda bem que estás contente com as migalhas que os outros te deixam.

Tanta coisa com os adeptos do oitavo classificado. É suposto ter piada? Os adeptos do oitavo classificado numa semana podem ser uns, noutra semana podem ser outros. Olha...tal como os adeptos do primeiro! É melhor é esperares pelo fim, para não fazeres ainda maior figura de palerma...

Benfiquista Primário disse...

Pronto, pronto, desculpa: os adeptos do oitavo classificado disfarçados de adeptos do Celta de Vigo.

Sentinela um Estremecer disse...

"só na tua cabeça é que ele fez algum tipo de gesto que pudesse bloquear, iludir ou distrair alguém"

E assim se identifica a desonestidade intelectual.

Shiver disse...

Claro que não,o slimani estava sentadinho e quieto a rezar para Meca.
Se calhar o mesmo que voces todos deviam fazer,pode ser que consigam gahhar meia duzia de jogos até ao Natal.

Benfiquista Primário disse...

Haja por favor uma alma caridosa que traduza aquele texto do Inglês para o galego, a ver se o comediante involuntário percebe, de uma vez por todas.

Cafageste disse...

Se há alguém que não consegue ter graça és tu. E não é por falta de tentativas.

Não são precisas traduções. Não tenho culpa da vossa mania de adaptar as regras à vossa conveniência.

Benfiquista Primário disse...

Cafageste, é natural que não me aches graça: és adepto de uma das melhores produtoras de humor do mundo. Não estou à altura dessa concorrência.

Shiver disse...

Cafageste como ainda nao contrariaste a regra fifa com argumentos só faço uma pergunta:

O guarda redes do paços no momento em que a bola vai no ar depois de centrada sabe qual dos dois jogadores vossos vai atacar/rematar/cabeçear a bola?

Como a resposta é obvia,e o fora de jogo tambem,acredito que estejas bloqueado,iludido ou distraido,é normal.

Bom natal

Benfiquista Primário disse...

Shiver, isso do Bom Natal era dantes - agora é mais Bom São Martinho.