26 maio 2015

As vendas de Jesus? Médio...

O título pode enganar o mais distraído... As vendas da era Jesus têm sido animalescas... No entanto, o foco principal passa pelo meio-campo e o sector mais defensivo... porque é aí que o Jesus faz toda a diferença, é aí que poucos trabalham como ele...

Claro que é um monstro na transição ofensiva, mas aí não tem tanto para ensinar ao talento necessário para essas acções.

A prova disso, é que são poucos os avançados que renderam muitos milhões e que foram trabalhados por ele... Ora vejamos as nossas maiores vendas da sua era:

David Luiz - Defesa-Central
Ramires - box-to-box
Javi García - Trinco
Di María - Extremo mas foi vendido quando actuava a médio interior-esquerdo
Coentrão - Defesa-Lateral
Witsel - box-to-box
Matic - Trinco
Garay - Defesa-Central
Oblak - Guarda-Redes
André Gomes - trinco/box-to-box
Markovic - Extremo
Rodrigo - Avançado Centro
Enzo Pérez - box-to-box

Das 13 vendas mais milionárias, apenas 2 jogadores são de ataque... Rodrigo e Markovic.

A facilidade com que o Jesus inventa bons defesas, bons médios defensivos e bons box-to-box é inacreditável... quase qualquer coisa que passe por aquelas posições normalmente dá bom resultado e acaba numa boa venda...

No ataque vemos alguns jogadores com potencial acima da média (uns mais que outros) que acabam por não explodir nas mãos do Jesus, como aconteceu com o Bernardo, com o Ola John, o Djuricic, o Nélson Oliveira, o próprio Kardec, até o Nolito...

As famosas adaptações de sucesso também são da frente para trás e nunca ao contrário... Aproveitando a visão de jogo e técnica de um jogador, para o recuar mais no terreno...

Coentrão de extremo para lateral,
Matic de 10 para trinco,
Di Maria de extremo para interior,
André Gomes de 8 para 6,
Enzo de extremo para 8

Agora perguntam: porque é que fiz este post? Sei lá...

16 comentários:

Zé de Fare disse...

e o roberto?

António Oliveira disse...

Não sei mas está muito bem visto ... talvez o início de uma reflexão mais seria

cobra2 disse...

DI Maria interior esquerdo?? Do que me lembro o Di Maria jogava a extremo esquerdo no Benfica. No Real jogou mais no meio campo, mas no Benfica as tarefas eram claramente ofensivas.

Rui Dias disse...

Zé merdas

O roberto foi um mau negocio, no fundo á imagem daquilo que o pessoal dos toldos de praia tem feito sempre nos ultimo...15 anos? Áh espera...fizeram bom negocio com o Moutinho!

Tas a ver aquele gajo muita forte que foram buscar a espanha...o pongole...é tipo isso!

Zé de Fare disse...

o roberto foi vendido por 8 milhões e 600 mil euros. Não ficou muito longe de outros negócios.

Rui Dias disse...

Foi quase tanto quanto custou o pongole! So que o pongole custou quase isso e apenas deixou cá o buraco...e este, como o Mendes precisa do Bicampeão para ganhar guito, trouxe de volta o guito que custou! Que de seguida saiu novamente para adquirir o cepo que SÒ faz parte da equipa ideal do campeonato portugues para a UEFA! Um tal de Pizzi....

Os vermelhos são uns burros pah! Só maus negocios! Bom bom é o milagre financeiro do nalgas!

Em que museu vao enfiar a enxurrada de titulos que ganharam este ano Zé merdas? oh wait...

B. disse...

O Di Maria no título de 2010 era interior esquerdo... jogavas num losango... ele a interior esquerdo e o ramires a direito... só que o queniano era tão animal que tapava as vezes que o outro não descia...

Losango com Javi atrás, Di Maria e Ramires a interiores e Aimar a 10...

José Ramalhete disse...

O Rodrigo e o Markovic já eram jogadores feitos quando chegaram, só desaprenderam com Jesus.

José Ramalhete disse...

O Rodrigo e o Markovic já eram jogadores feitos quando chegaram, só desaprenderam com Jesus.

Shiver disse...

Fizeste este post para a seguir (tentar) explicar as compras do Jesus.....

Ou as vendas são do Jesus e as compras do Vieira?

Roberto Rensenbrink disse...

Pimenta Machado... Domingo Soares Oliveira: «O Benfica não precisa de vender jogadores.»
O mesmo hoje: «O Benfica não vai investir tanto e precisa de vender jogadores.»

Pois é, são muitos milhões anuais de juros à banca.

Filipe Vieira percebe pouco ou nada de bola. Não vou contestar as vendas de Cancelo, Bernardo (arghhhhhhhhhhhhhh!), etc., pelos valores que foram (será mesmo? E quanto entrou efetivamente?), mas vou RECONTESTAR as aquisições imbecis, incompreensíveis, inexplicáveis (é escolher o adjetivo): Luís Filipe? Bebé? Benito? Farináceos? Emersons? Etc.

Na B não há melhor do que isto? Bernardo Silva é muito pior do que Talisca? Cancelo é pior do que Luís Filipe? São dois exemplos apenas para a coisa não se tornar fastidiosa.

Quantos milhões foram gastos desta forma? A questão não está tanto em gastar muito ou menos um pouco, mas em gastar BEM, tendo consciência que haverá contratações que falharão.

Benfiquista Tripeiro disse...

http://comquemsporting.blogspot.pt/2015/05/o-poder-da-internet.html

pitons na boca disse...

Também não concordo com o que dizes do Di Maria. É practicamente facto aceite que nessa época jogávamos num 4-4-2 desequilibrado, precisamente por Ramires fazer o que fazia. Di Maria era claramente extremo, nos tempos que esteve cá.
E quem o veio buscar foi precisamente por essa caracteristica de extremo, não por um eventual posicionamento mais interior que - na minha opinião - não aconteceu enquanto cá esteve.

O que não invalida o resto do post.

cobra2 disse...

Continua-se a confundir tácticas com o que se faz dentro do campo. Lá por aparecer na televisão que se joga em losango, não quer dizer que esse seja o posicionamento constante dos jogadores e que essa seja a sua função. O Di Maria com o Jesus jogava sobretudo encostado à esquerda e com poucas preocupações defensivas. Quantas vezes não vi o Javi ir fechar o espaço no lado esquerdo devido ao Di Maria não fazer a transição defensiva.

Benfiquista Primário disse...

Di Maria, Chalana e Gaitán - os melhores extremos esquerdos que vi jogar no Benfica.

O Benfica de Jesus sempre jogou em 4x1x3x2, só que o Ramires era um falso extremo - pelas suas características, era mais interior direito, de facto. Ou segundo médio defensivo, em determinados momentos de determinados jogos.

A última vez que jogámos com o losango foi com Fernando Santos.

De resto, post inteligente, como sempre. O treinador tem mais influência no jogo defensivo que no ofensivo...

Benfiquista Primário disse...

Ramalhete, o Markovic e o Rodrigo foram os dois únicos jogadores da história do futebol que já estavam feitos aos 19 anos?!?!

Por amor de Jesus, há limites para o absurdo.