30 agosto 2015

O arranque da época da "estrutura"

Pré-época:
- terrível... ganhámos dinheiro mas de resto foi tudo terrível... em termos de resultados foi do pior que já vimos, em termos de utilização de jogadores foi fraca, em termos de processos tácticos foi inexistente e em termos de respeito aos sócios foi medonha... uma Eusébio Cup no México está para a lógica como o Bebé está para jogador de Futebol.

Supertaça:
- Exibição sofrível... tudo aos repelões, sem posse, sem pressão, sem ideia de jogo... perdemos, merecemos perder e serviu de prolongamento da agonia da pré-época.

1ª jornada - Estoril:
- 1ª parte em que o salvador foi o Júlio César... Tirou 3 golos... Exibição deplorável até ao 1º golo (75min)... sem termos bola quando precisávamos e quando a tivemos, não sabíamos o que fazer com ela. As individualidades resolveram, sem método, apenas com o talento que todos lhes reconhecem.

2ª jornada - Arouca:
- com ou sem casos, perdemos com o Arouca. Como disse, estaria mal se culpasse a arbitragem quando perco com o Arouca... ao Arouca temos de ganhar, ponto final. Mais uma exibição medonha... o nosso artista do banco decide meter avançados uns atrás do outros, o resultado foi óbvio: menos oportunidades do que quando estávamos com a equipa equilibrada... Péssimo.

3ª jornada - Moreirense:
- contra uma das piores equipas do Campeonato, em casa, temos o 1º lance de perigo aos 15min... Além disso começamos a perder. Falhou-se muito golo, é certo, mas mais uma vez os lances criados nasciam de rasgos individuais, não tanto de movimentações trabalhadas ou lances estudados. Tudo nos ombros do talento individual. Conseguimos ganhar o jogo, à rasca, com uma equipa que não é sequer um Paço de Ferreira...

Pior de tudo:
- O discurso do Rui Vitória... diz que fazermos 30 remates com o Arouca é bom (num jogo que o adversário com muito menos remates teve mais oportunidades de golo), que diz que as coisas vão melhorar como se de uma ajuda divina precisasse e não do seu trabalho, que a estatística ontem mostrou que merecemos ganhar, epa... isto não é nada... espero mesmo que o gajo não tenha este discurso lá dentro, porque cá para fora diz o que quiser, lá dentro tem de deixar claro que assim não vamos longe.

O que ainda me anima:
- A raça, a importância e a liderança de pulmão e sangue do Samaris... Aquilo ontem foi carne viva... Aquele discurso dele no final a dizer que é preciso trabalhar mais ainda, tanto nos treinos como nos jogos, que quer agradecer aos colegas que correram o jogo todo, aquilo é sangue na guelra, aquilo é Benfica... Com esta atitude, é Samaris e mais 10... tivessem todos a atitude do Samaris, e no banco até podia estar o Carlos Azenha... ou até o Rui Vitória :)


PS: Vieira, ainda vais a tempo... sei que não vais fazer nada, mas ainda vais a tempo de tentar evitar ter esta época no CV como o teu maior erro de sempre...

34 comentários:

Benfiquista Primário disse...

Que saudades do Benfica pré-JJ...

Se há coisa evidente na nossa amostra de jogo, é que não há treino...

Onde antes havia um bloco compacto, com os sectores sempre juntos e dinâmica de orquestra, agora há onze jogadores desconexos - cada um sabe de si e ninguém sabe de todos.

Onde antes havia sempre várias linhas de passe disponíveis ao portador da bola, agora há passes falhados a originar contra-ataques uns atrás dos outros.

Onde antes havia um processo defensivo citado internacionalmente, agora há uma via aberta para o Júlio César.

Onde antes havia sempre muitos jogadores a entrar na área do adversário com a bola controlada e companheiros desmarcados, agora há cruzamentos da linha lateral para o Mitroglou fazer um milagre contra vários adversários posicionados e de frente para a bola.

Onde antes havia craques como Gaitán, Jonas, Luisão, Samaris agradecidos ao treinador, agora há homens angustiados a fazer apelos ao treinador...

A única coisa pior que a saída do JJ foi a sua substituição pelo Rui Derrota. Escrevi-o em Junho...mas parece que há quem precise de uma humilhação no Dragão para o perceber...

Uma proeza o Rui Derrota já conseguiu: destruir o Inferno da Luz que JJ tinha ressuscitado. Qualquer equipa vem agora à Luz sem medo do Benfica...

Que saudades...

LM disse...

O vieira não vai fazer nada, até porque admitir que o Rui Vitória foi uma aposta falhada seria, em si mesmo, admitir que chegou ao fim da linha. (ainda para mais com este caso de tráfego de droga do motorista pessoal/assessor/director de futebol... a pairar sobre os nossos pensamentos).

Mas sim, se chegarmos ao fim do campeonato em 2 lugar será um mega-exito.

Zé de Fare disse...

ontem foi o que foi...

hoje o rui já foi despedido mais 2 vezes. Como eu gosto do carnide.

Benfiquista Primário disse...

Zezé Caralhinha, devemos presumir que estás quase a sair do armário benfiquista?

Unknown disse...

Na verdade, o que hoje é aquela equipa do SLB está mais ou menos aqui exposto e não é necessário "despender" qualquer esforço para que seja corroborado. Não existe uma ideia de jogo, ou então, ainda estão muito presentes os processos de jogo do anterior treinador e dos quais os jogadores não se conseguem libertar porque os atuais são próprios de equipas menores que jogam, como se diz na gíria, "com tração muito atrás" e, desse modo, aquilo dá uma amálgama de coisa nenhuma!! Salvam-se (e salvam-nos!) algumas individualidades. Não posso crer que o RV seja aquilo que neste momento estamos a ver! O homem deve ser capaz de muito mais!? É inacreditável como se joga com três avançados (no final) e a bola não é colocada na "zona" desses jogadores. É sofrível e confrangedor o jogo do SLB atualmente!
A jogar fora da Luz qualquer equipa anula o SLB. E não nos peçam para sermos masoquistas!!

Zé de Fare disse...

mais uns cartões de sócio rasgados...

Benfiquista Primário disse...

Zezé Caralhinha, vocês fazem vida de não jogar nem ganhar nada há mais de 30 anos, é natural que tenham outro conformismo.

Borrego das Cartas disse...

Zé, o Jesus é um bluff. Em março vais andar de cornos no chão.

Sísifo disse...

Olha que o bdc já não tem dinheiro para mais cartolina.

Zé de Fare disse...

e continuam a rasgar cartões de sócio.

Roberto Rensenbrink disse...

Hoje, frente ao fundão foi só a rasgaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar!


É a seeeeeeeeeeeeétima rasgadela no futsal!

É a rasgadeeeeeeeeeeeeeeeeeela total no futsal de 2015!

Carrega no rasganço!

Manuel disse...

Temos de despedir o Rui Vitória o actual treinador do futsal, mas parece que o Vieira não vai na conversa. Acorda Vieira!!!

Benfica 6-Fundão 3
"Até poucos segundos do fim, estava a ser um dos resultados mais mentirosos da história do Desporto Mundial, sem exageros!!! No final dos 40 minutos, havia 71 remates para o Benfica e 9 para o Fundão, e o marcador marcava 3-3!!! O já habitual guarda-redes possuído, os postes, alguma aselhice, ansiedade, tudo misturado, fez com que o Benfica a 7m40 do fim do jogo, estivesse a perder por 0-3... mas o jogo só acaba, quando acaba. E se alguém alegar que naquele último minuto - quando o Fundão falhou o 2-4 escandalosamente, e o Brandi teve uma 'ajuda' no 3-3 -, que o Benfica teve sorte... então não devem estar bons da cabeça...!!!

É verdade que o jogo começou morno, mas o Benfica esteve sempre por cima do jogo, mas o massacre aumentou, e muito, de intensidade, depois do 0-2 (sem que o Juanjo fizesse uma defesa digna desse nome)!!! Se antes, já tínhamos sido superiores, depois do 0-2 - ainda no 1.º tempo -, foi um massacre impressionante até ao fim do tempo regulamentar!!! Autêntico jogo de bruxedo...!!!"


Benfica-Moreirense 3-2
O Benfica esteve sempre por cima do jogo, mas o massacre aumentou, 71% de posse, 50 ataques, 22 remates, 1 golo sofrido em off-side. Constantes perdas de tempo do Moreirense.
Autêntico jogo de bruxedo!

Arouca-Benfica 1-0
O Benfica esteve sempre por cima do jogo, mas o massacre aumentou, 65% de posse, 31 ataques, 30 remates, um golo mal anulado, um penalty perdoado, uma bola na barra, 12 entradas em campo da equipa de médicos do Arouca, etc. Autêntico jogo de bruxedo!!

Treinadores p´rá rua!!!!


Benfica, mestre da trampa, 3 golos sofridos em 3 jogos dos quais um em offside.
Sporting, mestre da táctica, 3 golos sofridos em 3 jogos, todos regulares.

As estatísticas são fodidas!


RG disse...

Benfica, mestre da trampa, 3 golos sofridos em 3 jogos dos quais um em offside.
Sporting, mestre da táctica, 3 golos sofridos em 3 jogos, todos regulares.


Não podia estar mais de acordo! Sobretudo depois de saber que para dar mais emoção ao jogo, a UEFA alterou um pouco o conceito e autoriza golos fora de jogo/com a mão, para que com isso se crie mais incerteza e emoção nos jogo. Devo também acrescentar que num acto mais estruturante a UEFA admite que cada toque/corte na área da bola dê em penalti!

Mas como em tudo existe um senão....a UEFA informa que desde o inicio da época, empurrar adversário na área dá direito a um chupa chupa e amarelo para o jogador empurrado por manter vicios da pré-época e achar que ainda está numa praia paradisica!

Com isto a UEFA mostra a total disponibilidade para ajudar qualquer mestre da táctica/trampa a ser ainda melhor.

Quem disse...

...os lagartos no Twitter...e lagartinacio das relações internacionais...o ridículo puro.
(Calma Josué! Tu também fazes parte da pandilha!)
PS: não se arranja uma repetição do Octávio Malvado a protestar em Moscovo, aqui no blog? (Esse mesmo artista que há 3 meses dizia cobras e lagartos do "de Carvalho")

Zé de Fare disse...

notável futsal... pra quem comprou a licença de outro clube e fintou os regulamentos pra não jogar a 2ª divisão.

Zé de Fare disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Quem disse...

..."fintou os regulamentos para não jogar na 2@ divisão".
(Só pode estar a falar das VMOC, a maior burla desportiva de que há memória no futebol português. Como é lagarto, vaidoso e tem a mania das grandezas, confunde 2@ divisão com distrital. Mesmo nessas circunstâncias, talvez o bcp e o BES dessem uma ajuda, quem sabe).

Radagast disse...

Este bullying ao Vitória por parte de benfiquistas é inacreditável...
Sim, eu também gostava de ver mais fio-de-jogo, sectores mais próximos e menos cruzamentos esganados. Mas isto toma tempo, não é num mês que se faz, principalmente se se pensa no médio/longo prazo.
O Jorge Jesus ganhou um título importante nos primeiros quatro anos (entre campeonato e a taça), e isto com Aimares, Saviolas, Di Marias, Ramires, Cardozos, Coentrões, Garays, Maxis e etcs. 1-Um-1!
Sim, corria-se muito, marcavam-se muitos golos e defendia-se melhor.
Pudera, com 4 anos para aprefeiçoar as coisas e com jogadores de topo!

Os benfiquistas são os piores inimigos de si próprios. São estes benfiquistas, e não o LFV (que não é santo da minha devoção), que querem voltar aos tempos do antigamente, do tempo dos 3 treinadores por época. Querem ser o Sporting e não apenas ter o seu treinador.

NMO disse...

Vamos ser sinceros, a nossa ideia de jogo é antiquada e (na maioria das vezes) inconsequente.

O modelo de bola na ala e cruzamento era bom há 15 anos. O futebol evoluiu. O bayern no último jogo deu 160 toques no último terço do campo e só fez 9 cruzamentos. O sporting com dois meses de JJ (espero que perca sempre e não acho que precisemos dele) só faz ataques apoiados sempre, mas sempre com um triângulo com linhas de passe abertas e sem necessidade de cruzamentos estúpidos.

O plantel é o mais fraco dos últimos 6 anos mas o porto e o Sporting também não jogam um charuto.

O Vítor Gomes no último jogo parecia o Zidane ao lado do Pizzi. E porquê? Porque ninguém apoia, é um futebol desgarrado ao nível dos Unidos da Amareleja.

Além disso Luísao esta a cometer mais erros que nos últimos anos, Eliseu a defender é o que sabemos e Mitroglou está abaixo de Lima quer a nível de pressão alta, quer a nível de abertura de espaços para o Jonas.

E alguém que mate umas galinhas pretas para Gaitan não sair ou então vamos lutar com o Braguinha do Augusto Duarte para o 3o lugar..

Benfiquista Primário disse...

Pois, só que com JJ:

- jogámos sempre um grande futebol, tanto a defender como a atacar

- lutámos por dois desses três campeonatos até mesmo ao fim e perdemo-los por aqueles detalhes do futebol, que tanto podem cair para um lado como para o outro.

Com o Rui Flores ou Quique Vitória, ou lá como é que ele se chama, quero ver se vamos lutar pelo tri até ao fim...infelizmente, acho que vamos chegar a Novembro/Dezembro já afastados do título.

Apesar de ter alguma esperança no Flopetegui...

Sísifo disse...

Problemas de leitura / interpretação resolvem-se na escola.

O Piça Fria disse...

Lagartácio: «Se o mioleira de vaca ainda estivesse no Benfica, não era expulso.»

Se lagartácio tivesse um neurónio, era gente.

Se a osga não o fosse, não vivia com o Benfica nos cornos. Mas tudo isto seria pedir o impossível.

Aí vêm eles... Já ouço o choro à distância e pressinto o ranho verde a escorrer da penca.

O Piça Fria disse...

O sócio 100 mil está à seca. Ontem à noite recebeu uma SMS do Bafo a mostrar solidariedade: queria saber onde mandar fazer uma estátua sua para plantar na porta 10 A.

Radagast disse...

Benfiquista p., isso não é verdade. O primeiro ano foi muito bom, mas nos seguintes tivemos bastantes jogos mauzitos. E nesse(s) primeiro(s) ano(s) a qualidade do futebol tanto se deveu as capacidades (inegáveis) do Jorge Jesus como às estrelas que tinha à sua disposição. O Vitória (como todos os treinadores) precisa de tempo para pôr a equipa a jogar. Se até o JJ, com anos de casa, precisava de 3 ou 4 meses para jogar alguma coisa de jeito...!

terramoto77 disse...

Escrevo aqui pela 1ª vez no teu blog :-) apesar de o acompanhar à já bastante tempo.

Sinceramente e é a minha opinião não percebo o porquê de tanta crítica ao Rui Vitória, pelo menos para já, e passo a explicar o porquê.

1- Obrigaram-no a ir passear para os EUA e México, onde ele não teve nenhuma palavra a dizer. A pré-época já tinha sido delineada ou pela estrutura somente ou pela estrutura e pelo JJ.

2- Olhando às datas que a maioria dos reforços foram contratados, duvido que o Rui Vitória tenha tido opinião acerca dos mesmos.

3- Só agora em Agosto e depois da Supertaça é que ele está realmente a fazer a pré-época a trabalhar com a equipa possível, porque a grande maioria dos reforços nem no seu anterior Guimarães teria lugar.

4- A mim parece-me que a situação dele é de todo igual ao que o Porto fez ao Paulo Fonseca, pegou numa equipa Bi-Campeã e deram-lhe Josués, Carlos Eduardos, e Licás entre outros mancos e pediram-lhe que fosse TRI... para provar mais uma vez que no Porto os treinadores não ganham, basta a estrutura, seja ela o que for. O Benfica está a fazer exactamente o mesmo, deu-lhe uma equipa Bi-Campeã que perdeu três titulares indiscutíveis (Maxi, Lima e Sálvio por lesão é certo) e em troca deu-lhe putos que por mais qualidade que possam ter não é a colocar 3 ou 4 de cada vez que eles se vão fazer, isso é o que o Sporting tem feito desde alguns anos com os resultados que se tem visto e além dos putos só mancos, tirando talvez o Carcela e o Mitroglou, ou seja, reforços a sério para colmatar as saídas e a lesão do Sálvio, e para reforçar a equipa Bi-Campeã foram 0.

5- Comparar o trabalho do Rui Vitória de 1 mês apenas com a actual equipa com o trabalho de 6 equipas muito superiores que o JJ teve, acho que é de todo injusto. O JJ em quatro anos com a melhor equipa do campeonato conseguiu a façanha de ter apenas um campeonato ganho à rasca contra o Braga e conseguiu apenas uma passagem aos oitavos da Champions.

6- Com isto não estou a dizer que o tempo não possa vir-te a dar razão, mas caramba neste momento não precisamos de Sportinguistas nem de Portistas para nos mandarem a baixo...nós próprios Benfiquistas somos suficientes para isso. Vamos dar mais tempo ao homem.

7- Olhando para o lado para o Porto e para o Sporting e olhando à festa que fizeram e que continuam a fazer não os vejo a jogar mais do que jogamos neste momento e supostamente com equipas muito melhores. Para já a grande diferença entre nós e eles é que eles partilham o melhor reforço - o Pedro Proença.

Cumps,

Benfiquista Primário disse...

Caríssimo consócios, por favor vai rever os conceitos de 'regra' e 'excepções que confirmam a regra'.

No ano passado, Jesus fez um milagre, com a ajuda do apóstolo Flopetegui: conseguiu ser campeão com um plantel muuuito inferior ao dos frutistas. Foi o ano em que jogámos pior futebol, em termos de espectáculo (pudera, com aquele plantel...), mas a consistência, o modelo de jogo, a coesão e identidade tácticas estavam todas lá.

A bug's life disse...

Exactamente o que penso. O Rui ou está outdated ou não sabe mais

Roberto Rensenbrink disse...

5

Roberto Rensenbrink disse...

4

Roberto Rensenbrink disse...

3

Roberto Rensenbrink disse...

2

Roberto Rensenbrink disse...

1

Roberto Rensenbrink disse...

0

Roberto Rensenbrink disse...

É oficial: temos um plantel mais fraco do que Porto e Sporting.

Ou descobrimos mais um par de desempregados ou... ano de El Niño.