04 novembro 2015

Benfica vs Galatasaray

Entrada forte, quebra normal, poucas ideias a dada altura, e por fim alguma sorte.

Assim se ganha um jogo e se fazem 9 em 12 na Champions.

Mas custa-me ver que criamos oportunidades em repelões, em correrias e zero em posse. Com bola somos mais inofensivos que o Carlos Cruz no TClub... 

Defensivamente continuamos tão permeáveis como o fígado do Toni... 

Mas está ganho, siga para bingo. Espero que internamente entendam que não está tudo bem!

Algumas notas:

Luisão:
- grito de guerra, momento de bola na gaveta e festejo de raiva. Que cresça com este jogo.

Jardel:
- patrão...tem sido jogo após jogo um limpa-neves. Muita força.

Eliseu e Sílvio:
- repito, o Scott Minto à esquerda e o Sousa à direita não faziam pior.

A.Almeida:
- chega de achar que um gajo que dá tudo e que tem mais vontade que os outros, pode ser titular no meio-campo do Benfica.

Talisca:
- continua a irritar-me muito. Tem tudo menos cérebro...parecendo que não conta muito. Técnica, passe, remate, visão de jogo, tudo. Mas falta aquilo que ajuda nas notas na escola.

Guedes:
- para dar o próximo passo dava jeito um treinador... Eu sei que estou a ser uma besta, mas dava mesmo jeito. 

Gaitán:
- a dimensão que está a ganhar no Benfica é animalesca... Aquela expulsão era escusada e foi culpa dele a perda de bola que a antecede. A reação do público foi a prova que ele pode tudo, e pode mesmo... 

Jonas:
- teve de sair muito da posição para poder ter bola. Rende o dobro com o Mitroglou.

Raúl:
- corre que se farta, esforça-se que se farta, falha que se farta e pensa pouco quando tem bola... Mitroglou ainda é muito mais útil neste 11... 

Carrega, venham os Cazaqs!! 

29 comentários:

RedAtheist disse...

O Scott Minto era bom jogador.Ja Michael Tomas ,Dean Saunders e Mark Pembridge a historia eu outra.

LDP disse...

E o Karyaka pááá!!!

Mr. Shankly disse...

Não concordo, o Eliseu ontem jogou bem, sobretudo na 2ª parte.

Então e o El Hadrioui? E o Escalona? O Dudic?

Pedro disse...

Tem memória curta...o melhor será tomar memofant...........

Desde quando é que Vitória joga em 4-4-2....desde que está no Benfica, e porquê...., simples tem de colocar obrigatóriamente o Jonas a jogar e para meter o Jonas a jogar tem de jogar com outro avançado, seja Jimenez ou Mitroglou, tem de jogar mais um, lógicamente vai a jogar o que estiver melhor fisicamente....
Jonas é um enorme jogador mas neste momento sinto que está a mais na estratégia de jogo que Rui Vitória quer implementar....





Sousa e Scott Minto maus???
Deixa lá estar, porque o Patric e o Emerson e que eram TOP!!!!

Daniel Martins disse...

LOL oh Pedro, percebes tanto de futebol como de lagares de azeite. Se o Vitória quiser jogar só com um avançado, tem de jogar com o melhor dos três. E o melhor é o Jonas, de longe. Ponto final.

Pedro disse...

Daniel já você é o supra sumo da inteligência porque o Jonas a jogar sozinho na frente marca muitos golos.....

Se tiver tempo pesquise um pouco todos os jogos que ele fez sozinho na frente de ataque do Benfica (ou até do Valência) e some os golos que ele marcou......acho que uma mão chega para todos....


Na época passada já o técnico tático o deixava no banco nos jogos decisivos para atuar Lima sozinho na frente....



Por muito bom que Jonas seja, é à imagem do Saviola, um jogador de apoio e não um avançado vertice, metes Jonas sozinho na frente e eliminas o teu ataque, e enquanto o pessoal não perceber isso continuarão a andar agarrados ao "coração" cada vez que joguemos contra Porto ou Sporting, porque marcando Jonas com qualidade, só Gaitan e Guedes podem fazer mexer a equipa, que se tiverem que andar a correr para todo o lado como acontece quando temos Jonas em campo, nos fim dos primeiros 45minutos rebentam....

Isto é claro como a água....

Luís1904_ disse...

O Pedro é a imagem de 99% do pessoal que acha que jogar futebol é o FM/CM (eu sou mais do tempo do Championship Manager).

Para estes adeptos o futebol é isto:

-Importam as individualidades para meter a equipa num sistema táctico rígido em que os defesas defendem, os 6 destroem jogo, os 8 transportam, os 10 fazem os passes e os 9 e os 11 marcam os golos em 4-4-2.

-Num 4-3-3 joga-se com um pinheiro de 1,90 para cabecear as bolas que os avançados cruzam e que tem de ser super possante porque joga sozinho.

Ou seja, para que era preciso um treinador então? Esta gente ignora que o futebol evoluiu... Ignora que jogar em processos ofensivos ou defensivos requer TRABALHO, ROTINAS e TREINO e acima de tudo, um treinador que saiba implementar ideias para todos os momentos de jogo (momento de ataque, momento defensivo, transição defesa-ataque, transição ataque-defesa).

O futebol não se faz de 11 individualidades cada uma com a sua função específica, entendam que isto não é ténis. O futebol cada vez mais depende de processos colectivos... A técnica é importante e quem executa são os jogadores mas o sucesso depende do comportamento colectivo...Executar e decidir no jogo sem noção de uma filosofia de jogo colectiva não é bom futebol nos dias de hoje...

Luís1904_ disse...

O mito de que os sistemas tácticos são rígidos e que num 4-4-2 um atacante tem de ser uma besta física e outro um velocista que finta e passa e trabalha é um mito...

Que o 4-3-3 tem de se jogar com 2 extremos que vão à linha e cruzam e que têm de ser super velozes pro avançado "pinheiro" marcar golos entre os centrais é pensar que o futebol estagnou nos anos 80/90...

É querer fazer do futebol uma piada para garotos que jogam tácticas no computador...

Catedrático da Picheleira disse...

" e some os golos que ele marcou......acho que uma mão chega para todos."
A ignorância é muito atrevida !

Época 2005/2011 - 219 jogos - 104 golos Brasil
2011/2014 - 156 jogos - 51 golos Valência
2014/2015 - 43 jogos - 38 golos Benfica

O Jonas é um tosco !

Mr. Shankly disse...

Catedrático, era a jogar sozinho. Não eram os golos todos.

Benfiquista Primário disse...

Foi mais do mesmo: processo defensivo mais permeável que um queijo suíço bombardeado pelo ISIS, muitos passes falhados porque o portador da bola tem 0 a 1 linha de passe disponível, ligação directa defesa-ataque com passes de 40 metros pelo ar (que têm muito maior probabilidade de falhar), obsessão com as linhas laterais, proibição do jogo interior e do futebol apoiado, dependência da genialidade individual de Gaitán (SOBERBO ontem) e Jonas...

Umas vezes ganhamos, outras perdemos.
Mas o Benfica não é o Guimarães, tem que ganhar (quase) sempre.

Ontem o resultado foi bom.
Mas continuando a jogar como ontem, vamos continuar a perder com frequência.

Luís1904_ disse...

Benfiquista Primário, quem me dera que todos os benfiquistas vissem o que tu vês e não perdessem tempo na guerra Jesus vs. Vitória ou de julgar a qualidade da equipa pelos resultados...

Rui Vitória é dos piores treinadores da história do clube. Chegar a 2015 a um dos grandes da Europa com estas ideias (ou falta delas) de jogo é inconcebível...!

Benfiquista Primário disse...

Completamente de acordo.

Tenho dado comigo a pensar se me lembro de algum treinador nosso pior que este, ou tão mau. Tirando os interinos Chalana, Mário Wilson etc, não me lembro de nenhum claramente pior.

Talvez o Skovdhal. Talvez o Artur Jorge. Talvez o Souness. Talvez o Camacho.

(Não consigo incluir o Toni...)

Mas lembro-me que o John Mortimore ganhou a dobradinha e foi despedido porque o Benfica jogava mau futebol, ganhava sempre à tangente, sem espectáculo ou futebol de ataque...

E agora este Rui Derrota, com quem nem bom futebol nem resultados, recolhe a complacência da esmagadora maioria dos benfiquistas...como os tempos mudaram!

Isaura João disse...

Mais um iluminado que pensa que sabe tudo. Porque não se candidata a presidente? Podia ser treinador, comentador diretor para o futebol diretor financeiro, enfim tudo mais alguma coisa com essa mente tão iluminada.

Isaura João disse...

Mais um iluminado que pensa que sabe tudo. Porque não se candidata a presidente? Podia ser treinador, comentador diretor para o futebol diretor financeiro, enfim tudo mais alguma coisa com essa mente tão iluminada.

Borrego das Cartas disse...

Gordo, estás a ser injusto. O Minto era muito bom lateral. Até veio antes do Souness. Os que vieram com o escocês é que não valiam um caracol. Thomas, Harkness, Pembridge, Gary Charles... O Saunders era grande jogador chegou ao Benfica com 34 anos. Para quem não sabe, foi durante alguns anos a transferência mais cara da Premiere League.

Quanto ao actual momento do Benfica...

http://borregodascartas.blogspot.pt/2015/11/comparacao.html?m=1

Carrega Benfica!

Pedro disse...

Caro Luis 1904

Nunca disse que o Jonas é fraco ou algo parecido, mas Rui Vitória está a manter um esquema de jogo que não é o seu para que o Jonas continue na equipa.....repara que Vitória em todas as sua equipas trabalhou quase sempre em sistemas mais móveis e menos fixos do que acontece actualmente...Vitória tem por hábito trabalhar as suas equipas em 4-3-3 ou em 4-2-3-1...esta ultima é a que ele adaptou mais aquilo que era o Benfica que ele apanhou, uma equipa de 4-4-2...só que uma coisa é ele ter criado o sistema e estar presente no seu desenvolvimento para poder perceber o que vai mal, outra coisa é ele tentar adaptar o seu esquema ao antigo faltando~lhe um puro 10, posição que é a que Jonas ocupa, porque ninguem duvide da qualidade de Jonas nem da sua inteligência só que o homem foi uma vida inteira uma avançado não se pode pedir agora que se transforme em numero 10....se me perguntares o que transformava neste Benfica eu digo metia Samaris e Sanches no meio campo e colocava Gaitan no meio nas alas jogava com o Carcela e com Guedes e na frente alternava entre Mitroglou e Jimenez, Jonas na frente utilizava como plano B mas sempre num esquema de 2 avançados, porque só assim o consegues pontenciar..

Catedrático da Picheleira
Em todos esses numeros que ai colocas diz-me em quantos deles jogou sozinho na frente e quantos golos marcou, o homem até no Valência chegou a jogar como falso ala e até como 9,5.....e sempre que jogou sozinho na frente tinha dificuldades em encontrar a baliza adversária...

Benfiquista Primário disse...

Se tivéssemos um treinador, o dilema do sistema táctico versus Jonas em campo resolvia-se com um 4x4x2 losango, com Gaitán no vértice ofensivo do losango (como Simão com Fernando Santos), Jonas e Mitroglou na frente, Fejsa a 6, Samaris e Cristante médios interiores.

Tirar Jonas é que não!! Jonas e Gaitán são os únicos jogadores de topo que temos actualmente, do meio campo para a frente. Gaitán é de muito longe o melhor jogador do campeonato, Jonas talvez o segundo melhor...

Mas com o Rui Derrota a (não) treinar, não há sistema táctico nem plantel que lá vá.

Daniel Martins disse...

Pedro, desculpa que te diga mas estás bastante equivocado. Tens noções que não correspondem à realidade e assim é complicado querer discutir alguma coisa em poucas linhas. Só te vou dizer que um gajo com a técnica e a inteligência do Jonas joga onde quiser, seja a avançado, extremo ou nº10. E jogando só com um avançado, teria sempre de ser ele porque ele é o melhor avançado do Benfica. É bastante superios ao Mitroglou e ao Jimenez nos aspectos mais importantes (técnica, inteligência, finalização), e nos aspectos físicos não fica muito atrás.

Pedro disse...

Benfiquista Primário mas tens o unico trinco de raiz puro aleijado e não entra em forma de maneira nenhuma, e jogar em losangulo obriga que os 2 medios interiores pressionem e defendam bem e Cristante é muito pouco reactivo para jogar como interior, essa nuance tatica obriga ainda a que o 2º avançado faça mais o papel de assistente do que de marcador (lembrar o papel de Saviola quando cá estava) e Jonas gosta muito do golo mas fisicamente não tem capacidade de fazer o que fazia o Saviola e ainda aparecer na area para marcar....

Mas essa tática era uma ideia que podia funcionar....deixa lá ver se o Vitória se lembra de aplica-la

Pedro disse...

Daniel Martins "E jogando só com um avançado, teria sempre de ser ele porque ele é o melhor avançado do Benfica. É bastante superios ao Mitroglou e ao Jimenez nos aspectos mais importantes (técnica, inteligência, finalização), e nos aspectos físicos não fica muito atrás."

Mas não te chegou ver a produção dele contra o Sporting na Supertaça tb sozinho na frente??
Tu queres comparar a capacidade fisica que tem Mitroglou por exemplo para dividir bolas no ar com centrais do genero do MAicon ou do Naldo com a de Jonas???


"Só te vou dizer que um gajo com a técnica e a inteligência do Jonas joga onde quiser, seja a avançado, extremo ou nº10."

Mas tu não percebes o quanto estás enganado??º
Tens Ronaldo e Messi, 2 jogadores completamente diferentes no que diz respeito a estilo mas que são inteligentes e monstros no que diz respeito a tecnica (Messi) e a fisico (Ronaldo), agora pega neles e coloca os a jogar a lateral o Messi e o Ronaldo a Central.....ia dar merda...porque como são avançados procuram sempre antecipar o movimento do jogador a sua frente, mas eles fazem isto com bola, se os colocares a ter que fazer isto sem bola o mais certo e fazerem faltas atras de faltas....por os timings de ação são completamente diferentes.....


Em tempos eu disse que gostava Jonas descaido sobre a esquerda como falso extremos e Gaitan por dentro como interior ofensivo, na pratica seria um 4-4-2 losangulo como o da 1ª época de JJ, mas depois de ver os jogos de Jonas percebesse que ele a fazer essa posição durante 90 minutes nao te iria durar nem meia época sem começar a ter lesões.......a objectividade e a capacidade fisica pedida a um extremo em nada tem a ver com o que é pedido a um jogador do cento

Benfiquista Primário disse...

Ok Pedro. Mas acredito que se o Fejsa começasse a jogar regularmente, ia voltar rapidamente à forma que já vimos dele. Quanto aos interiores, acho que o Samaris e o Cristante são de longe os melhores jogadores que temos no meio campo. Mas podia ser o Renato Sanches (?) ou o Pizzi, o Samaris também é um excelente 6 como já vimos...

Mantínhamos os dois avançados e tínhamos um meio campo mais 'povoado'.

Só que não acredito que o Rui Derrota, com a sua obsessão com as linhas laterais e aversão ao jogo interior, vá alguma vez optar por um sistema táctico sem extremos puros...

Pedro disse...

Benfiquista Primário
Se o Vitória tem algum tipo de obsessão é pela largura, e não pelas linhas laterais, lembra-te que no Guimarães ele tinha 2 bons laterais e depois colocava 2 interiores com muita mobilidade e bastante rápidos ou abria a equipa e colocava 2 extremos a fazerem diagonais.....ou seja, o Vitória tem um estilo de jogo muito idêntico ao do Lopetegui no Porto, a diferença consiste principalmente na forma em como escala a equipa Lopetegui utiliza 2 extremos abertos num sistema 4-3-3 com muita mobilidade e Vitória utiliza 2 extremos com liberdade de movimentos que à vez abrem ou fecham a frente de ataque da equipa num sistema 4-4-2 bastante rigido...
O Rui Vitória não precisa de priveligiar nenhum estilo de jogo, porque lá está isso faz parte da equipa, na sua genese esta equipa sabe e identifica bem as necessidades quanto ao jogo interior ou exterior, o problema é que falta um 8 puro, alguem que assuma o jogo e pegue na bola para pensar o jogo....e por muito que me custe dizer não temos nenhum jogador desses no plantel.

O pessoal fala do Cristante, mas esquecem-se que o puto é pouco reactivo para jogar num sistema a 2 médios, demora muito a pensar e a reagir, dai a inclusão do Almeida que apesar de mais parco de recursos técnicos, táticamente sabe se colocar quase brilhantemente, o problema dele é mesmo na hora de ter que decidir é que ele decide rápido, mas em 10 decisões apenas em 3 ou 4 realmente tem aproveitamente real para a equipa..

Samaris é o nosso melhor médio sem duvida, Fejsa penso que acabou....não por falta de qualidade mas porque desde que aleijou nunca mais foi o mesmo jogador e sempre que volta a jogar fica sempre no ar que "não foi aquela bola por medo da disputa", depois tens Sanches que tem "pés" de qualidade, mas tem que ir entrando com calma e tempo...

Tal como tu penso que o Benfica terá que obrigatóriamente pensar em reformular o meio campo, para mim na minha modesta opinião há uma necessidade imperativa de teres um médio mais fixo um jogador de contacto estilo Javi Garcia que te preencha a zona defensiva do meio campo, depois Samaris ligeiramente subido como médio de apoio (em contraste tu agora utilizas 2 médios lado a lado mas não tens ninguem à frente) ao lado deste terás que obrigatóriamente ter ou um 10 puro ou um jogador que saiba interpretar essa posição e que seja combativo, Jonas pode ser ele, mas gostava de ver Taarabt ou então se Cervi sempre vem em Janeiro....2 jogadores mais identificados com o que é ser um 10 mas com golo e magia nos pés, depois lá lá está Gaitan não precisaria de defender tão baixo porque um dos médios estaria sempre mais perto da situação e depois Guedes com mais apoio e como um jogador no meio mais criativo teria então mais espaço para tentar os tais movimentos nas costas da defesa, na frente Mitroglou ou Jimenez, para mim qualquer um deles tem aquilo que o Benfica precisa, Mitroglou é combativo guerreiro e tem técnica e taticamente uma qualidade impressionante (sim falta velocidade, mas o futebol tb não é atletismo, vide Cardozo) e Jimenez que apesar da altura é bastante rápido técnicamente está bem ao nivel de Gaitan e de Jonas (precisa de muita confiança e de conseguir marcar mais 1 ou 2 golos) e tem um capacidade de mobilidade ao longo dos 90minutos impressionante, ou seja, na frente de ataque tens neste momento 2 jogadores que rendem pontos desde que os saibas aproveitar, que não é o que tem acontecido, tens os aproveitado pura e simplesmente para abrir caminho para Jonas marcar, e o futebol não é assim, por isso é que contra o Sporting o Jonas desapareceu, Jimenez com 2 centrais em cima e Jonas com os 2 médios a vez em cima, e ficaste com a equipa dependente do que poderia ou não fazer Gaitan e Guedes porque o Samaris estava afunilado na luta com Slimani Teo Ruiz João Mário(este à vez com Adrien)..... urge arranjar um jogador que saiba ser comandante num meio campo, porque Samris tem que subir um pouco mais porque não sendo um 6 de raiz ele nem sempre recua a tempo de fechar entre os centrais....

Benfiquista Primário disse...

Bom comentário, Pedro - não tenho tempo para responder agora.

Só uma observação, a propósito da questão linguística 'obsessão pelas linhas laterais' versus 'obsessão pela largura': o Benfiquista Primário tenta sempre escrever da perspectiva satírica e humorística...;) também já disse que o Rui Derrota inventou a marcação homem a linha lateral e homem a bandeirola de canto...

No limite, a nossa discussão é inútil, apesar de interessante: estou infelizmente convencidíssimo que nenhum sistema táctico, modelo de jogo ou plantel resiste a este treinador...

Elso Lago disse...

A mim custa-me ver tentativas de 4-2-3-1 no Benfica. Salvo circunstancias especificas, a meio de jogos em que o resultado nos favoreça, isso tem que ser carta fora do baralho da essencia tatica do Benfica.

O nosso grande mal actual é o desiquilibrio qualitativo e quantitativo do plantel.

Nas laterais defensivas nenhum me convence. O Semedo pode ser futuro, mais o resto todo junto não da uma perna de um Siqueira ou de (infelizmente) um Maxi.

Os centrais, em caso de impedimento de Luisão ou Jardel é o deserto do Sahara.

O meio campo tem 2 bons jogadores. Fejsa e Samaris. O primeiro desde a lesão vais passar mais tempo na enfermaria que em campo, por isso, fica-nos o Samaris. Depois entre Almeida, Pizzi e Talisca, junta-se os 3, num dia bom, temos o tendão de aquiles do Enzo. Cristante é bom, se o futebol for contra adversarios que não corram muito, ou seja, para os jogos contra os reformados da casa de repouso de Santa Comba Dão.

Nos alas, "São" Gaitan faz milagres, mas em contraponto temos Taarabt que também os faz, sobretudo no orçamento salarial.

O ataque tem Jonas e mais um galheteiro à vez. Ora Raul ora Mitroglou. Na teoria são bons, na pratica correm que se fartam, mas isso também o fazia o Martin Pringle.

Dos miudos nem vou falar. Por muito que se queira, estão la para incrementar um plantel, para evoluir para se tornarem, sem pressão futuros titulares. Serem solução imediata diz muito da pobreza do plantel.

Posto isto, e porque ser pobre não é vergonha, o Benfica precisa de quem faça muito, com poucos recursos.

Rui Vitoria fez disso, sim, mas não a precisar de ganhar todos os fins de semana. E sem ter que jogar e levantar um estadio em completo delirio com perfume de futebol Cruijffiano.

No Benfica é outra loiça.

Mais do que culpar Vitoria, eu culpo os decidores. Fazer um ano sabatico à socapa, enxotando jogadores referencia do plantel e o treinador em ano de necessidade de confirmar o bi-campeonato, é pior que um tiro nos pés.

De toda a maneira, com o caminho iniciado assim, seria um erro mudar de treinador a meio de época. A mensagem seria terrivel. Penso que em Janeiro sera necessario dar ao treinador meios de poder expressar a sua ideia de jogo (seja ela qual for) e acabar a época com uma imagem positiva.

E por favor, começar ja a trabalhar para na proxima época termos um plantel fechado a tempo e horas, em todas as posições e sobretudo... no banco.

Pedro disse...

Benfiquista Primário

Continuo a dizer que Vitória não era o "meu treinador perfeito para o Benfica", principalmente porque na sua formação de treinador sempre faltou "algo" às suas equipas, tal como continua a faltar agora a treinar o Benfica, é bom treinador, mas para o Benfica....não basta ser bom....tem de ser acima de tudo um "Picasso" a treinar... para mim este plantel treinado por Marco Silva ou por Leonardo Jardim tinha nesta altura 5 a 6 pontos de avanço para o 2º...mas isto sou só eu a falar... ;)


Elso Lago
eu compreendo que dizes mas havia 2 hipoteses no arranque desta época, ou manter JJ com ordenado Milionário acima das possibilidades do clube e ser obrigado a dar-lhe as estrelas que ele ambicionava, ou deixá-lo sair de fininho e partir em busca de uma realidade diferente ainda assim possivel....
A escolha caiu na 2ª hipotese, mas JJ não gosta de sair sem causar impacto então quando se deu conta que estava tudo a colocar-se a jeito para a sua saida de fininho, ele pensou em sair à REI....então assina à socapa pelo Sporting e começa com antecedência a preparar a época no Sporting nas costas de Marco Silva, este deu-se conta disso ainda antes do final da taça....

Agora com Vitória é esperar, que o homem ganhe "bolas" entre as pernas e cresça como treinador durante esta época, senão......na próxima época....Jardim ou Marco Silva fazem-lhe a folha ao lugar porque, a meio da época não acredito que o despeçam só se as coisas correrem bem pior do que estão a correr, como tal no fim da época e com as contratações que se avizinham, ou ele desemburrava de uma vez ou....byebye...é que de meninos simpáticos à frente do Benfica tive a minha conta com Heinckes Koeman Santos e Quique, passando ainda por bestas tipo jumento de Manuel José Souness.....para mim o Benfica carece de um figurão, de um Trappatoni, de um homem de tomates no sitio e que saiba olhar qualquer equipa sem medo...e isso nem Jorge Jesus nunca soube fazer, porque o medo dele contra o Porto era tanto que por vezes antes dos jogos até parecia que ia ter um ataque de coração....vamos a ver se este ano o "espanhol" não lhe faz a folha...isso é que me fartava de rir

Benfiquista Primário disse...

Completamente de acordo quanto ao 4x2x3x1.

Parcialmente de acordo quanto ao plantel: no ano passado, fomos campeões com um plantel de valor muito semelhante a este, e muitíssimo inferior ao do Fruta Corrupção Pancadaria...onde estará a diferença? ;) Pergunta para um cêntimo.

A bug's life disse...

O Marco Silva está contratualmente proibido de treinar o Benfica ou porto nesta e na próxima época

Pedro disse...

A Bug´s Life

Acho que é só esta época......mas não tenho a certeza mas o Jardim acho que fica liberto no final desta época