23 novembro 2016

E não é que o Quaresma entrou na 2ª parte?

Quem não entrou foi o Benfica...
Isto é coisa de equipa pequena, nenhuma grande equipa pode estar a ganhar 3-0 e deixar que isto aconteça, nenhuma.
Isto é miserável, já o foi na Luz e aqui foi uma espécie de caricatura do que se passou cá. Um exagero de incompetência.
Não merecemos ter isto resolvido hoje, nem pouco mais ou menos.
Acordem para a vida, isto não é nada...
Pareciam putos do distrital a jogar contra o Canelas, cambada de borrados.

PS: Sr. Rui, ter este Salvio 90min foi dar uma pá ao coveiro para dar uma ajuda. Rebentou aos 60min e o Semedo achava que estava a jogar contra 3 naquela ala...

5 comentários:

Benfiquista Primário disse...

Ora aí está.

As leituras que os dois treinadores fizeram do jogo determinaram esta viragem absurda. Eles melhoraram muito com as substituições, nós piorámos muito!...

Tirar o Cervi, com o que estava a jogar, ofensiva e defensivamente, e manter o Salvio exausto em campo???

Uma equipa grande não desbarata um apuramento para os oitavos da CL assim.

Kamikaze disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kamikaze disse...

Não pude ver a primeira parte, pelo que não a vou comentar.

No que toca à segunda parte, excelentes 15 minutos iniciais. O Benfica era dono e senhor do jogo. Há muito que não via a nossa equipa apresentar tão elevada qualidade de jogo fora de portas. O Besiktas foi completamente engolido pela nossa mancha vermelha. Saliento mais um jogão do Cervi, completo a atacar e a defender. Não entendo porque razão foi para o banco. Pizzi mais uma vez a encher o campo, sempre no sitio certo à hora certa... e o Gonçalo Guedes fez também ele mais uma boa exibição.

Podiamos e deviamos ter feito o 4-0 e tivemos mais que uma oportunidade para o fazer. Nestes jogos é PROIBIDO falhar tantas ocasiões de golo.

Passamos então ao primeiro golo do Besiktas, que foi claramente em fora-de-jogo. Convém não o esquecer. E relembro que o árbitro deste jogo foi Damir Skomina... sim, esse mesmo que nos roubou contra o Chelsea em 2012.

A partir deste momento o Benfica quebrou fisica e amimicamente enquanto que os turcos cresciam no jogo e cada vez mais foram encostando o Benfica ás cordas.

As substituições foram bem pensadas pelo Rui, mas sem duvida não deram resultado. A diferença entre Samaris e Fejsa é gigantesca. Retirar Cervi do jogo, volto a referi-lo, foi para mim uma decisão incompreensivel que acabou por abrir o seu flanco. Do outro lado uma autêntica via rápida, Salvio não deu o devido apoio ao Semedo, aliás, como tem sido frequente nos ultimos tempos.

Aos 83 minutos, falha imperdoável do Lindelof. É estritamente PROIBIDO fazer uma infantilidade daquelas numa altura tão crucial da partida. O que é certo é que o fez e com isso o Benfica ficou KO e pouca resistência deu ao empolgado ataque do Besiktas que acabou então por empatar.

Custa a acreditar como foi possivel não conseguir gerir uma vantagem de 3 golos. Tinhamos o jogo na mão e este sumiu-se por entre os dedos. Na Liga dos Campeões não se pode de maneira alguma falhar oportunidades com a baliza praticamente escancarada... depois o resultado final é este. Ainda assim há que dar ênfase ao que de positivo este jogo teve, excelente inicio de segunda parte e presumo que excelente primeira parte idem.

Nada está perdido. Eu acredito numa vitória frente ao Nápoles em nossa casa, de qualquer maneira este resultado só nos complica a vida essencialmente por dois motivos:
1 - As decisões da Champions ficam guardadas para a última jornada, ao invés de estarmos já apurados.
2 - O jogo com o Nápoles calha em vésperas de derby na Luz. Sendo que isto é um dois em um. Já sabemos que o que os jogadores querem é dar nas vistas na montra da Champions e por isso vão chegar esgotados ao jogo com o Sporting... e não dá para poupar jogadores no embate contra os italianos.

Agora é FOCO TOTAL na nossa próxima final para o campeonato.

FORÇA BENFICA
RUMO AO 36

O Piça Fria disse...

O bonacheirão do nosso técnico, hoje, esteve em grande. Taticamente, o gajo é um básico.

Ainda bem que o gajo que não tem joelhos continua cheio de caruncho e com perna de pau, caso contrário...

Benfiquista Primário disse...

E para não ser acusado, pelos sabujos acríticos do costume, de só criticar e não propor outras soluções, aqui vai o que acho que teria sido uma boa leitura de jogo, naquele início da segunda parte:

- sai Salvio, pelas razões acima, entra André Almeida; três hipóteses com esta substituição - AA vai para lateral direito e sobe N Semedo para a ala direita do meio-campo ou AA vai para a ala direita do meio-campo ou Pizzi vem para a ala direita e AA vai para médio centro (por ordem decrescente de preferência).

Com esta mudança, teríamos estancado a sangria desatada de superioridade numérica sobre o Nelson Semedo e teríamos mantido Cervi a dar preciosa ajuda a Eliseu, do outro lado, e a esticar o jogo em transições rápidas...

Mas isso sou eu, que não percebo nada disto...RV acha que o problema foi não marcar o quarto golo e matar o jogo, como se uma equipa grande não tivesse o jogo já morto e bem morto com 3-0...é uma nova teoria do futebol, esta de 'dar oxigénio' ao adversário quando se está a ganhar só por 3-0 e se falha o quarto...será que afinal, 'o resultado mais perigoso no futebol' não é estar a ganhar 2-0, mas estar a ganhar 3-0???!!!

Farto destes clichés de RV repetidos até à náusea em todos os jogos com equipas decentes...e ainda mais farto deste Benfica do Medíocre: forte com os fracos e fraco com os fortes...faz lembrar o governo anterior de Portugal!!....