09 janeiro 2017

Ai ai os árbitro #2

Estou ansiosamente à espera de um comunicado do Paços de Ferreira e do Feirense a dizer que isto assim é uma palhaçada e que não admitem serem sempre eles prejudicados.
Quanto ao porto e ao sporting, como está a ser o tema das arbitragens esta 2ª feira?
Parecem aqueles políticos que sempre defenderam a causa socialista e agora vão de fato e gravata à missa do galo com o pin do CDS.
Ou os que defendiam com unhas e dentes os mercados e o modelo capitalista, e agora vão de casaco de malha cheia de borbotos à festa do Avante.

3 comentários:

O Piça Fria disse...

Nos corruptos, o padreca armado em intelectual de pacotilha nem béu-béu fez... Calado, o cobarde de merda!

No spitting, alguns meeeeeeeeeeés tresmalhados aludem a um possível fora de jogo no golo de que beneficiaram, mas logo contrapõem com 30 ou 40 que lhes foram desfavoráveis, incluindo um do Mitro em Guimarães, com 2 a 0, que não deu em nada.

Quando ao POSSÍVEL penaltie do Cu-ates, o jeitoso tem um crédito de um por jogo não assinalado. E a banda segue, imparável!

Quanto à ISENTA comunicação social, vamos à resenha:

1.º) Benfica - Vizela: penaltie clarinho sobre o sérvio. Opinião: foi penaltie, sim senhor, mas o árbitro fez bem em não marcar. Um gajo ouve esta merda e fica a pensar se limpou bem a cera do martelo e da bigorna ou então se já foi internado no manicómio e a família não avisou.

2.º) Setúbal - spitting: sim senhor, foi penaltie contra a agremiação do Campo Grande (o segundo, claro, pois o primeiro, o do agarrão do Cu-Ates entra na tal conta-corrente do não assinalado por jogo), mas não deveria ter sido marcado, porque o spitting merecia seguir em frente. Ah, caralho, a demência avança a uma velocidade superior à do cinismo e da sem-vergonha.

3.º) Em Paços, nem vale a pena: o padre Nuno é um homem de Deus e já lhe basta ter aqueles inaptos lá à frente a fazerem de avançados que não marcam, porque cansados de se atirar continuadamente para a piscina.

E assim segue o andor dos corruptos e do spitting, sempre empenhado em que Braga e Guimarães sejam parados à forma de se imiscuir na luta pelo segundo lugar.

Nau disse...

Para os dragartos, as arbitragens são muita boas quando dão uma ajudinha (chico-espertice de adeptos frustados que não querem admitir que as suas equipas não jogam um cacete). Quando não, «há um exército de árbitros que são vermelhos, toda a gente sabe», dizem eles; o Benfica «manda nesta merda toda», dizem eles; a estrutura da arbitragem, que era muita boa, afinal «ainda tem lá gente da outra estrutura, é preciso uma limpeza», dizem eles (os adeptos do segundo maior clube português, o clube dos anti-Benfica).
Começo a pensar que tanto horror ao vermelho tem uma explicação: os antibenfiquistas primários, irracionais, asininos, bestas, gente aziada, invejosa, maldisposta, mal-encarada, têm sangue de boi nas veias. Só pode! Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!

Benfiquista Primário disse...

Por estas e por outras, há muitos anos que digo que o gajo que disse que 'o crime não compensa' não era português de certeza...