08 novembro 2012

O trabalho de Jesus

Esta época, mais que qualquer outra, tenho visto um trabalho fantástico por parte do Jesus. Sim, mesmo sendo uma besta arrogante que não sabe lidar com pessoas e acima de tudo que é teimoso que nem uma mula e isso fará sempre com que nunca possa ser um Treinador de topo.


Onde?

Não tem meio-campo, fez do Matic um trinco muito forte, ele que era um gajo que atacava mal os lances (chave para ser-se trinco), que não era trinco de raíz, que não agradava quando substituía o Javi, que não chegava para o Benfica. Eu sempre achei isto e a evolução do jogador é demasiado notória mesmo para quem já gostava dele. Grande trabalho do Jesus.

Não tem meio-campo, inventou um 8 em Enzo Pérez que não fez ainda um único jogo mau e alguns tem sido dos melhores elementos em campo. Eu próprio o apontei como o mais provável 8 de tudo o que tínhamos no plantel, o Jesus achou o mesmo e conseguiu de facto que ele vingasse na posição, uma posição que fisicamente é muito mais exigente porque o "descanso agora aqui na linha" não existe, a concentração tem de ser constante. Grande trabalho do Jesus.

Não tem meio-campo e já inventou 1 puto e meio para essa zona do terreno (sim, também não tinha remédio). O Gomes tem classe, toque de bola e muito potencial, o Almeida tem recebido confiança, não o acho (como falado recentemente) jogador de futebol para o Benfica (vêm? já o acho para outros clubes!) mas a verdade é que já foi titular em 2 jogos de Champions (embora um a lateral, posição que não tem NADA a ver em termos de exposição ao jogo). Grande trabalho do Jesus.

Perdeu o capitão e voz de comando da equipa, só quem já andou a jogar futebol a sério é que sabe a importância que isto tem, não sou o caso mas conheço quem tenha sido e defenda de forma bem clara a importância que o capitão da confiança do treinador tem para o rendimento da equipa. O Luisão é o "limpa-neves" do Benfica há anos a fio, é o jogador estrangeiro com mais jogos pelo Benfica e uma figura incontornável. Até golos decisivos o tartaruga marca e é o treinador que pode estar dentro das 4 linhas. Grande trabalho do Jesus minimizar a níveis categóricos esta ausência.

Não tem defesa-esquerdo (ou tem mas não confia para titular) e vê no Melgarejo esse potencial. Todos os criticámos (e bem) por tê-lo lançado logo a frio (e deu merda) mas rapidamente percebemos que o puto é mesmo craque e tem tudo para vingar naquela posição. Como já disse no post anterior, até parece que o gajo joga ali há anos... Grande trabalho do Jesus.

O Lima chegou sob críticas, o Lima não jogou logo, o Lima começa a jogar e começa a marcar golos uns atrás dos outros. O timing foi muito bom e hoje temos 3 avançados que, esses sim, são suficientes para criar inveja a muitos clubes europeus. Grande trabalho de preparação do Jesus.

O Ola John veio por uma quantia astronómica e todos criticámos o facto dele não jogar sequer. Tanto dinheiro e nada? Demorou, demorou... O Jesus sempre disse que ele não estava preparado, que ele não percebia ainda o jogo do Benfica. Agora que o lançou, todos temos a esperança de ter ali o jogador que vimos jogar na época passada contra o Benfica, o jogador que afinal se calhar até vale o dinheiro investido, o jogador entusiasmante e que, repito, com confiança parte qualquer gajo no um-para-um. Grande trabalho de preparação do Jesus.

Agora imaginem que isto tudo foi em 3 meses... 3 meses... E nesses 3 meses, com um farrapo de plantel (no que toca a buracos por tapar, porque qualidade tem) estamos a dividir a liderança do campeonato, estamos na Taça de Portugal, estamos com dificuldades na Champions (embora com remotas hipóteses de passar), estamos em todo o lado... Eu não quero imaginar o que seria isto com um treinado banal que tivemos tantos, tantos anos seguidos...

Como já disse, o Jesus irrita-me e por vezes quero mais que ele... Mas por mim só sai se for para vir um daqueles nomes de topo infalíveis... Porque dos "medianos-mais" temos claramente o melhor deles todos.

34 comentários:

Vozes Encarnadas disse...

Concordo B. Isso que tu referiste ai não há dúvida que o mérito é todo de Jesus.

Como tu referiste JJ tem falhas enormes na comunicação e se não fosse a tal teimosia já teria melhorado ai, mas porra o gajo sabe potenciar jogadores e isso não há duvida.

A nível tático apresenta algumas falhas, e lá está, devido outra vez à teimosia.

Bem uma coisa é certa neste momento é o treinador ideal para o Benfica, a unica pergunta é:

Será que este ano se aguenta até ao fim com esta qualidade ou quebra como nos outros 2 anos? Só o futuro nos dirá.

GNR disse...

.... e além disso tudo, o homem é um visionário. Além de prever em Setembro que o Barça iria sofrer um golo do Celtic de bola parada, já previa que ao intervalo tinha que por o Cardozo.

Joao disse...

Hummm.

O trabalho de Jesus têm sido magnífico, as dificuldades são muitas mas o técnico têm conseguido resolver muitos problemas e desde já há que dar-lhe os parabéns. Mas, à excepção do Barcelona qual foi a equipa mais competitiva com quem o Benfica jogou esta época?

Pedro disse...

Quando vierem os jogos a sério depois falamos...

(os que já tivemos a sério não vencemos : Braga, Celtic e Spartak em Moscovo...)

Quando nos contentamos com a mediania paga a peso de topo está tudo dito do estado a que o SLB chegou.

Pessoa disse...

concordo com o Pedro.

Mike disse...

que jesus percebe de bola ninguém duvida. e a sua capacidade de potenciar jogadores (os que ele acha merecedores de tal benesse...) é inegável.

o problema é a sua teimosia extrema. tudo o que é de mais faz mal. ser teimoso na dose certa é essencial, mas em demasia faz com que se persigam ideias erradas até ao abismo. roberto, emerson, 442 kamikaze (se jogarmos em barcelona em 442 kamikaze levamos 6-0, no minimo), são os casos mais óbvios. podemos juntar a aposta excessiva em jogadores mediocres como jara, menezes, kardec, em detrimento de jogadores como nuno gomes, amorim, que não só foram desprezados como foram mesmo hostilizados por jesus.

a não identificação dos seus erros, e a incapacidade de reconhecer que por vezes é necessário dar parte fraca para aprender com os erros, faz de jesus um treinador mediano.

B. disse...

Repetindo o que respondi ao Luciano no FB:

"Depois de já te ler a dizer que equipas nórdicas que nunca ninguém ouviu falar são boas e tal, que os tugas é que não conhecem essas realidades, que isto e que aquilo, vires dizer que o Spartak é mediano com um meio-campo de luxo, alas fortíssimos e poder de fogo razoável... epa... fica difícil encarar-te como mais que um "anti-benfica-mesmo-sendo-de-um-clube-que-não-é-da-nossa-liga" :) ainda assim, a Champions não tem sido de todo um trunfo da época, mas com este plantel sem meio-campo, outro treinador estaria certamente a disputar o 3º lugar do campeonato com o Rio Ave, levado 5 do Barça e perdido também em Glasgow...
Mais do que resultados, 80% do meu texto fala do que ele fez com o plantel que lhe deram e com os jogadores que tem disponíveis, esse trabalho é inegável e de grande mérito..."

Mats Magnusson disse...

Concordo com o Pedro. "mediano" e a palavra para o Benfica neste momento.
Nos jogos importantes, o Benfica nao ganha um.

Todo este trabalho tem que ser respeitado, mas sejamos sinceros, isso nao chega para uma equipa com a dimensao do Benfica.

B. disse...

Esta época, sem contratações em Janeiro, não poderei por as culpas no Jesus.

Luis disse...

Só queria aqui dizer uma coisa:
O Jesus este ano parece que ouvi falar no que é gestão do esforço do plantel, nas épocas anteriores em 90% dos jogos jogavam os mesmos 10 e depois lá para o final estavam todos rotos.
Este ano, APARENTA estar a gerir o esforço dos jogadores um bocado melhor (principalmente do meio campo para a frente)
Vamos lá ver o que isto vai dar!
PS: Sou a favor do retorno do Airton só para o caso do Matic se lesionar

Señor B disse...

Pedro,

Entre o Jesus treinador e o Pedro adepto, adivinha que é mais mediano.

Abracinhos, pá.

João Miguel disse...

Mats Magnusson: Dá-me ideia que o jogo de ontem era importante e o Benfica venceu...

Sentinela um Estremecer disse...

Não é assim que se faz, João Miguel. Assim não dá jeito. É no sentido inverso, repara: o Benfica ganhou o jogo de ontem? Então é porque não era importante.

Acho que o que querem dizer é que o jogo de ontem era de treino. Deve ser isso, sim.

Pedro disse...

O Pedro Adepto, como adepto, é fabuloso. O Jesus treinador, como treinador, é mediano.

Se queres comparar azeitonas com chaves de fendas é ctg.

Tantos Lixos disse...

O Pedro Adepto, como adepto, é fabuloso!
E o Pedro Pagagaio fabulástico!

napster disse...

tenho cá para mim que o jogo de ontem era facilimo contra um qualquer genk da vida...ai pera esses ganharam ao scp, se calhar esses é que são os jogos dificeis? oh pessoal do rangel toca lá a tomar o rennie que as eleições já acabaram. completamente de acordo B.! O jesus é uma besta mas é uma besta que percebe (um bocadinho vá) de futebol.

David Duarte disse...

Eu estou de acordo com o texto e com a ideia que este ano, mais do que nos dois ultimos, a culpa da equipa desequilibrada que temos està longe de ser da exclusiva responsabilidade do Jesus que, neste contexto, tem feito um bom trabalho.

Agora hà que colocar o travão nos entusiasmos. Eu sei bem que os adeptos benfiquistas na sua generalidade nesta era do Vieira são adeptos que adoram bater em ceguinhos, que ficam todos contentes com goleadas a setubais que compensam resultados menos bons. Mas a verdade é que nos jogos desta época contra adversàrios proximos do nosso nivel, apenas temos uma vitoria, a de ontem precisamente. O Pedro tem razão e não é porque exprime não uma opinião, mas um facto!, que o que diz faz dele um mau benfiquista.

DeVante disse...

Só não concordo com o "todos". Todos nada porque (ainda) existem adeptos que não queimam os jogadores do Benfica assim à parva. Existem adeptos que não condenaram o Ola John sem ele ter calçado sequer as chuteiras.
Existem adeptos que viram que Enzo era craque e que se amuou e foi para Argentina porque os "todos" eram unânimes em considerar um chuta-chuta qualquer jogador de futebol.
Existem adeptos que viram qualidades em Matic quando "todos" achavam o contrário;
Existem adeptos que preferiram dar tempo ao Melgarejo e não o assobiaram, como não assobiaram a adaptação de Miguel, Maxi e Coentrão;
Existem adeptos que acham que já tivemos pela frente mais do que equipas medianas...mesmo que "todos" achem o contrário;

Ainda assim, existem adeptos que mandam JJ à puta que o pariu porque insiste em Rodrigo e Bruno César, relegando para o banco jogadores de qualidade superior...

hertz disse...

Independentemente dos resultados e do valor dos nossos adversários, é inegável o trabalho que o JJ fez para tentar colmatar as saídas de jogadores importantes e a forma como tem integrado alguns jogadores na equipa.
Claro que estas adaptações e modificações na equipa levam o seu tempo e nos primeiros jogos da época o Benfica fez jogos com exibições bastante fracas e perdeu alguns pontos contra algumas equipas mais fortes. Mas desde o jogo com o Gil inclusive, o Benfica tem melhorado a sua qualidade de jogo e fez 3 boas exibições o que demonstra que a equipa está a crescer. Ontem contra uma equipa com belíssimos jogadores, muito bem treinada e ainda com a pressão obrigatória de vencer o jogo para continuar a sonhar com o apuramento, o Benfica deu uma óptima resposta: ganhou e jogou bem.
Quando chegarem os jogos mais difíceis então aí poderemos ver do que este Benfica é capaz mas para já é inegável o bom trabalho do JJ esta época. Fosse ele menos teimoso, mais humilde, e melhorasse a sua relação com os jogadores e poderia ser um treinador de topo.

David Duarte disse...

é verdade que a equipa tem melhorado de hà uns jogos para cà, mas ainda é tudo muito instavel. Aquele meio-campo ainda dà uns bons 20 metros aos adversàrios cada vez que eles recuperam a bola. O Benfica està sempre descompensado nas transições defensivas (normal, mesmo se Enzo tem melhorado e se o Matic tem conseguido fazer o seu papel, não têm a qualidade de um Javi e de um Witsel) e isso vê-se sobretudo nas màs exibições do Maxi.

CJ disse...

Tremam senhores!A Dream Team voltou!

Morales disse...

Fala-se aqui como se o JJ não tivesse culpa nenhuma por termos o plantel absurdo que temos. Basicamente, o JJ faz o planeamento mais incompetente de que há memoria (o DSO confirmou em entrevista que JJ disse que não precisava de subs para witsel e javi) de um plantel do Benfica em que não tem um 8, tem um 6 que na verdade é 8 e tem 15 extremos, mas dps é um génio porque conseguiu, ainda assim, manter-se em primeiro lugar no campeonato e ter hipotecado (quase) as hipotese na champions. O gajo tem mérito em ter potenciado malta como Melga, Enzo e Matic mas fds, a culpa é dele de ter que estar a adaptá-los.

Alem disso, não é no primeiro terço da época que as equipas de JJ dão problemas. Nessa altura estamos sempre em velocidade de cruzeiro. O problema é la para o ultimo terço...e com este plantel tenho muito medo do que aí vem. Oxalá nos reforcemos decentemente em Janeiro.

Germano Bettencourt disse...

Este ano o Jesus é o menor dos culpados. Pena que aquele cérebro às vezes páre. E pena que seja o oposto do Mourinho no campo psicológico.

Redceltic disse...

Enzo Perez a 8 nem é novidade. Jogou assim lá o ano passado e antes de vir para o benfica fez muitas x de numero 10. Javi não é tão bom como se diz. Witsel é, mas falta-lhe intensidade para aguentar 90 munutos de 3 em 3 dias a grande nível. André Almeida tem 22 anos. Nessa idade o Javi era suplente dos suplentes do real. Tb minguem sabia o que valia.

ZeroTheHero disse...

Caríssimos,

Parte I:

Não posso deixar de reparar que ainda ninguém vislumbrou a verdadeira questão no que se refere ao treinador de futebol que temos. Citando Camacho: "Es lo que hay...". E eu não sou Camachista.

Sendo assim, eu explico. Ouçam (leiam):

O Jay-Jay é um homem que tem apenas uma qualidade que serve os interesses do Benfica: gosta mais de si próprio do que de qualquer "instituição" para a qual venha trabalhar. Seja o Benfica, o "seu" Sporting - escuso-me a provocações desnecessárias - ou (meto a minha mão no fogo) do Porto dentro de algumas (...já na próxima...?) épocas.

Agora: porque é que apenas esta característica (narcisismo) é boa?

Porque a ambição pateta de provar a si mesmo (?), falando muito alto e sozinho, que percebe mais de futebol do que um Johan Cruyff, um Capello ou um Trappatoni (entre muitos, muitos outros) faz com que se supere, defendendo até às últmas consequências as suas profetisas azelhices. Isto geralmente culmina em Março / Abril na prática, com algumas vitórias do Porto na Luz e uma ou outra venda inflacionada.

QUALQUER jogador de fultebol (...e quem já jogou concordará, com certeza...) com uma técnica minimamente apurada, raça e ambição é "adaptável". Pode não "gostar" ou preferir outra coisa, mas fica feliz por jogar numa grande equipa (ainda que tenha secretamente na mente "dar o salto") e - principalmente - por sair valorizado da confusão.

Seja isto uma adaptação a "lateral esquerdo", a "8" (...o que é um 8 pá...?) ou a "trinco". Há posições específicas em que este raciocínio não colhe: Guarda-Redes, Ponta de Lança e (eventualmente) um excelente Médio Criativo. Mas isso é outra conversa.

Ora, dito isto e sem me querer alongar muito mais: Jay-Jay é um treinador de futebol obviamente razoável. "Médio +", concordo.

E porquê? Apenas porque compensa com a sua ambição / egocentrismo (típica atitude do novo-riquismo, do gajo da Damaia que subiu "a pulso", dando uns golpes horizontais no sistema aqui e ali... mas pronto... "a pulso", vá...) o que não tem em inteligência / visão / nível. Sendo teimoso, portanto. Insistindo. Trabalhando.

E isso não é muito mau. Mas o conceito tem o tecto baixinho e nós não somos o Sacavenense. With all due respect.

Mais: uma mentira repetida muitas vezes torna-se verdade. Exemplo: Maxi Pereira é um bom lateral direito. Errado. É um jogador extremamente generoso que faria DE LONGE um melhor trabalho no meio campo em vez do Matic (que aprecio, mas não ali). É um Jesus mas em bom, sem vaidade, compensando dois ferrinhos de engomar (pés) com generosidade e... trabalho. Ambição e empenho. Como o Jesus (Jay-Jay).

(To be continued)...

AAK disse...

Parte II:

Mas há uma diferença enorme entre ser esperto (Jay-Jay é esperto) e ser inteligente. Guardiola ou Dixk Advocaat são inteligentes. Mourinho, por exemplo, é apenas muito esperto. E isso resulta, na prática, em vencer mais vezes do que um treinador inteligente mas "agradável e gracioso". À custa do quê? :)

Os grandes cavalheiros são - na maior parte das vezes - inteligentes, até porque a sua nobreza de carácter é disso uma consequência. Isso não os impede de serem duros / disciplinadores (Ferguson, entre muitos outros).

Mais: O que fariam S.G. Ericsson ou Jupp Heynckes se tivessem estado durante as últimas 4 épocas neste Benfica?

Aplaudo a continuidade dos técnicos, Jay-Jay inclusive, desde que se prove serem uma mais valia para os clubes. Jay-Jay, e apenas porque mais valia estar calado... "vai dando". Pena é que não se tenha (então) apostado num técnico que engrandecesse o nosso Benfica em todos os aspectos, porque a função de um Técnico, hoje em dia, ultrapassa largamente os aspectos ligados ao "treinador de campo". Jesus daria um EXCELENTE adjunto.

Adjunto de alguém que em vez de dizer "o nosso rival" não tivesse MEDO de dizer com todas as letras "o Futebol Clube do Porto". Mas que se refere a Pinto da Costa como "o Presidente". Vergonhoso.

Precisamos de alguém que forme homens e jogadores, em vez de despachar um Roderick Miranda e Nelson Oliveira, sentar indefinidamente Miguel Vitor, etc etc. Tantos exemplos. Não, não sou xenófobo e não acho que só temos "ouro e diamantes" na dita cantera... mas bolas pá: deve-se ser coerente entre o que se diz, promete e faz. Mais do mesmo.

E já chega. Irrita-me ouvir sempre os mesmos comentários GASTOS de toda a gente, concordando ou discordando com este ou aquele pormenor... mas SEMPRE a mesma conversa, sem ver profundamente o grande problema: a pequenez de algumas cabeças, iludidas com a grandeza que não têm mas pedem emprestada à instituição que representam.

Acordem, Benfiquistas. O Benfica não pode ser gerido como um condomínio de luxo implantado num bairro de lata mental.

E isto já mete ao barulho as toliçadas da direcção. Enfim. Calo-me. É futebol, mas chateia-me isto tudo. Chateia-me.

Pulha Garcia disse...

Concordo totalmente. Grande temporada do Jesus, privado de Javi e Witsel, e sem Aimar, Carlos Martins, Luisão. Para além de ter feito do Enzo, dos Andrés, do Matic, do Melarejo, do Jardel, jogadores de alto rendimento constante há também a apontar que jogadores como o Artur, o Garay e o Cardozo - pelo menos estes - estão em topo de forma.

O Jesus fala mal Português mas é um grande treinador. E é isso que me interessa. Espero que o Vieira renove imediatamente com o Jesus, independentemente de sermos ou não campeões. E já agora Garay e Enzo também deveriam ter o seu contrato renovado.

André disse...

Portanto, a ver se eu estou a perceber. Com um plantel que é um farrapo (de seda, mas com buracos), o JJ até está a fazer um trabalho muito bom. Nas últimas duas épocas, com plantéis melhores, o JJ não fez um trabalho lá muito bom. Resumindo, de uma maneira ou de outra, o campeonato chega ao fim e quem ganha são os porcos.

AAK disse...

Sim, foi o que eu disse.

B. disse...

"Esta época, mais que qualquer outra"

Foi assim que comecei o texto precisamente pelo que disseste.
Não o desculpo pelos erros da época passada.

Agora, esta época, está a merecer o meu respeito.

Repito, um gajo como 90% dos que tivemos nem em 3º lugar estava.

Hattori Hanzo disse...

De facto parece que ele não é um dos principais responsáveis pelas forma como ficou feito o plantel. Quanto a Enzo,a mim sempre me pareceu que ele era um jogador muito mais central e que nunca seria extremo. Sempre me pareceu bom jogador, mas eu ainda não me esqueci das rábulas da mãe dele o ano passado.
De resto não tenho dúvidas que Jesus percebe muito de futebol e que é dos melhores no nosso país. O problema é o resto e convenha-mos se ele é mediano-mais ganha com certeza de mais para essa realidade.

Pedro disse...

Portanto Artur, Maxi, Luisão, Garay, Jardel, Melga, Luisinho, Matic, Enzo, César, Gaitan, Sálvio, Aimar, Martins, Ola, Nolito, Cardozo, Lima, Rodrigo agora apimentados por André Almeida e André Gomes com Miguel Rosa à espreita é um plantel de farrapos???

David Duarte disse...

"Espero que o Vieira renove imediatamente com o Jesus, independentemente de sermos ou não campeões."

Realmente... se não for campeão deveria ter o contrato renovado. Um treinador do Benfica que ganha 1 titulo nacional em 4 anos é um treinador que nos fez grandes outra vez!

A sério... este ano ele é o menos culpado da falta de equilibrio no plantel e tem feito um bom trabalho com o que tem. Contudo se eu jà tinha duvidas sobre a sua continuidade antes desta época começar depois dos dois anos catastroficos que passàmos com equipas que nem em sonhos muitos treinadores do Benfica nos ultimos 20 anos não tiveram, se ele não for campeão então é melhor pensarmos se ainda somos de um clube com espirito vencedor ou se então nos contentamos com 2os lugares e Taças da Liga.

David Duarte disse...

Ah e não se esqueçam de uma coisa. Se nõ formos campeões, serà que é com um treinador que ganha apenas 1 titulo em 4 anos (tendo conseguido perder um deles contra o... Vitor Pereira!) que conseguiremos três campeonatos em três anos?

(em modo cinico)