02 outubro 2014

Análise comprida e chata: Nós, a Concorrência e tudo pior para nós...

Independentemente dos resultados parece-me óbvio uma coisa:
- Este ano estamos mais fracos e com menos soluções que no ano passado.

Se fosse "só" este o problema... Mas não, a este acrescento mais 3 dados que pioram o cenário:
- O plantel do Porto está mais forte que no ano passado,
- O plantel do Sporting em geral está mais forte que no ano passado,
- O Benfica nunca tinha gasto tanto dinheiro no mercado desde que o Jesus chegou.

Não podemos nunca analisar individualmente um plantel quando estamos numa competição, os nossos adversários também carecem de importante avaliação. Se nós tivéssemos piorado, mas os outros 2 também... era menos mau... se tivéssemos piorado para colmatar a gestão desastrosa com o BES... ok... mas não... eles estão melhor e nós gastámos mais dinheiro que nunca (e isto sem sequer contar com o valor que pagámos ao fundo para resgatar passes, aí passamos para o ano mais gastador de sempre, e de longe). e ficámos piores.

Na época passada, um 11 tipo tendo em conta os 3 grandes e a nossa táctica seria qualquer coisa como:

Patrício
Maxi, Luisão, Garay, Alex Sandro
William, Enzo
Markovic, Gaitán,
Rodrigo, Jackson

Este ano, um 11 com a mesma táctica é qualquer coisa como:

Patrício
Danilo, Luisão, Maicon, Alex Sandro
William, Enzo
Nani, Gaitán
Brahimi, Jackson

Ou seja, passamos de prováveis 5 titulares para 3...

Oblak - O problema não parece ainda resolvido. Claro que o Júlio César está com muita pressão, está com pouca rodagem e isto ia acontecer... Mas a verdade é que o Oblak sofre 1 golo em 12 jogos de Campeonato, e não me parece que o Júlio César vá conseguir dar o descanso que todos sentido na época passada quando o Esloveno pegou no 11. Tivemos mais de 1 mês para resolver isto, e não conseguimos nem a 3ª prioridade da lista de GR que queríamos.

Garay - Passámos de ter o melhor central de longe em Portugal, para ter um 3º central muito útil mas que ao contrário do que eu mesmo pensava, não chega para titular, nem pouco mais ou menos. Sabia que jamais conseguiria fazer esquecer o Garay, isso ninguém pensava... Nem ele! O Lisandro há muita gente que gosta mas a maioria nunca o viu jogar, mas a verdade é que carece de oportunidades por cá. Porque será? Mesmo mau mister? Acredito... Se é verdade que o Garay "saiu" em Janeiro, tivemos 7 meses para colmatar a saída... SETE!

Siqueira - 2ª metade da época a um nível altíssimo, 1ª onde demorou a aprender a defender mas felizmente o Jesus ensinou-lhe tudo a tempo. O Benfica desde cedo que mostrou não querer pagar o salário do jogador nem os 7M de cláusula... Saiu e veio Benito. Na pré-época percebeu-se que Benito não chegava e à última veio Eliseu. O pontapé canhão nisso é bom, é rapidíssimo, é "sabido" mas tem vindo jogo após jogo a demonstrar deficiência na leitura do processo defensivo (agora parecia o Freitas Lobo). Quase todos os lances de golo aparecem do lado dele e do Jardel. Ontem a exibição do Eliseu fez as do Emerson parecerem semelhantes às do Roberto Carlos. Esperemos que seja um mau momento.

6 - a posição não está fechada... Samaris não faz sem bola o que Jesus quer, Fejsa que faz só volta no início do ano, Cristante está em bruto e é em TUDO igual ao André Gomes, pelo que vai dar trabalho a polir... Enfim, ficou por resolver mas aqui não houve falta de esforço, contrataram-se 2 possíveis 6 sendo que nenhum ocupava essa posição de raiz.

Markovic - Adoro o Salvio, a raça, a vontade de mexer com o jogo, o tesão na procura da bola, do golo, dos melhores lances, dos piores, dos sprints, empolga... mas se decidisse bem os lances que decide mal, era dos melhores na sua posição e assim não o consegue ser. O Markovic, muito mais novo, menos "espectacular", ao fim de 1 mês já sabia o que fazer em 90% dos lances... Não será por aqui os nossos problemas, até porque o Salvio até tem mais golo, mas a verdade é que o sinto pior que com o Markovic.

Rodrigo - O Talisca tem um potencial imenso... imenso... mas o Rodrigo teve de ir rodar e entrar a espaços para conquistar o lugar que conquistou. O Talisca chegou e jogou porque não há opções e não passou por isso... Vai errar mais, vai ter de aprender tudo jogando, o que é excelente para ele mas pior para nós...

Cardozo - Ainda foi importante na época passada, principalmente quando parecia que íamos quebrar de vez... Com o Sporting acordou a equipa para nunca mais pararmos até final. Era uma entidade no clube, algo que só se substitui com tempo... Mas o golo que ele tem, ninguém no plantel está perto de ter... Jonas? Não sei... Mas mais uma vez não terá sido sequer a 10ª solução pretendida pelo Jesus.

Resumindo:
- Dinheiro gasto a rodo, e além de um 11 pior, estamos com menos soluções para ele... muito dinheiro gasto para um plantel curto, sem capacidade para uma competição como a Champions e que lidera o Campeonato com algumas exibições que só quem assobia para o lado acha que são dignas do Benfica.

Que continuemos com estrelinha, que continuemos a ganhar, mas abram os olhos e percebam que nada vai ser fácil este ano, que o Jesus vai ter o trabalho mais difícil desde que chegou e ainda que dificilmente revalidamos qualquer título.

Quero do vosso lado ambição e quero muita exigência, porque somos capazes de ganhar, mas também parece óbvio que não é necessário criar tantos obstáculos nem deteriorar tanto uma equipa como se fez, tendo em conta o dinheiro gasto e o reforço dos nossos adversários principais.

Carrega Benfica!

14 comentários:

Benfiquista Primário disse...

Na mouche

Benfiquista Tripeiro disse...

Déjà vu:

http://gordovaiabaliza.blogspot.pt/2013/10/psg-vs-benfica.html

Petúnia do Vouga disse...

Concordo com tudo, aliás acho que entre os nossos adeptos e sócios é unânime a ideia (caso raro!) de que o plantel e o J.J. talvez sejam suficientes para "consumo interno" mas que não têm qualidade para a liga dos Campeões (este ano podem até nem dar para a liga Europa).
E assim vivemos nesta angústia de ver o Benfica a sofrer com equipas como Zenit e Bayer L. que até são jeitosas mas que estão longe de ser "primeira linha" da Europa.

Islander disse...

Análise comprida, chata e mal feita. ...
não sei em que mundo o alex sandro seria melhor que o siqueira nem o patrício melhor que o oblak ou o William melhor que o matic o que invalida as premissas.
depois nao entendo como uma comparação tão cedo pode ser feita...só se fosse para comparar com a mesma altura da época passada o que seria realmente interessante pois estávamos ainda piores!
Concordo que estamos piores aparentemente, especialmente em relação a gr e centrais mas de resto vamos com calma pois ainda é cedo e olhando para um Sporting sem centrais e hiper dependente de nani e um porto que defende mal e não sabe atacar sem ser pelas alas não vejo nenhum drama nem trocava conjunto equipa-treinador por nenhum dos adversários.
depois não sei como se c

Hugo Sousa disse...

Como Portista concordo totalmente com a análise, parece-me justa e razoável (muitos benfiquistas colocavam 11 jogares do Benfica no melhor 11 da Liga do ano passado...)
Este ano o Benfica começou relativamente pior e com menos opções (mas calma, lideram a liga). Acho que o Jesus quando cisma com um jogador consegue fazer dele alguma coisa, por isso acredito que em breve o Benfica está a jogar a um nível igual ou superior ao da época passada.
Falta saber se o conseguem a tempo de evitarem a eliminação da Champions e, no pior dos casos, nem conseguirem apuramento para a Europa League. cmpts

Bruno Pereira disse...

Muito boa análise. Um ou outro pormenor que discordo mas o essencial está aí dito. A minha análise e explicações do porquê aqui para quem quiser ver.
Abraço!

Jon D. disse...

O Jardel é uma espécie de Mauricio. Bem disposto, desenrasca aqui na Liga dos Pernetas. Lá fora...
o Eliseu é outro. Ataca bem, defende mal. Faz tanta coisa mal a defender, que nem sei por onde começar.
O Talisca tem potencial (tb o Bebé Tiago, e?), mas está verdinho. É demasiado lento a pensar e executar, láestá, cá dentro serve pois a malta joga a passo, mas lá fora...
O Cardozo é bem feito! O tuga tem memória curta... era tudo o Rodrigo, mas esquecem-se de quem manteve o Benfica na corrida no 1º terço do campeonato. Dava jeito agora, não dava?

Djohny disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Djohny disse...

No geral é isto que se passa, é inevitável, o Benfica está mais fraco. Mas mais fraco não significa necessariamente incapacidade para fazer parecido com o ano passado. Acho que temos equipa para ganhar o campeonato mas já não temos para andar em todas as frentes. 2 coisas diferentes: o plantel e os jogos nas competições europeias. O plantel agora parece curto, porque JJ praticamente só joga com 13 jogadores (11 + Derley e Ola John) há gente com suposto valor que ainda nem entra nas contas (Pizzi, N. Oliveira, Jonas, Cristante, Bebé) e outros lesionados que fazem muita falta (Sílvio, Fejsa R. Amorim, Sulejmani). Com o andamento do campeonato acredito que o plantel se componha e se torne mais competitivo e ofereça mais soluções válidas. Agora outra coisa são os jogos europeus. Aqui, acredito que actual plantel, apesar de ter limitações, tem qualidade suficiente para fazer muito melhor. Aliás, isto já não é de agora. Nos últimos 5 anos, o Benfica só passou a fase de grupos 1 vez, e saiu do pote 1 e 2. O problema está no esquema tático suicida de 4-4-2, descompensado no meio campo. É a minha opinião. Mas, o que conta é que, apesar de tudo isto, estamos em 1, com 4 pontos de vantagem sobre o FCPORCO, e melhores do que o ano passado por esta altura. E numa coisa estamos todos de acordo, acima de tudo é o bi campoenato que interessa.

João Oliveira disse...

Não deixa de ser engraçado que o Sporting muito mais forte do que a época passada tem 2 vitórias em 8 jogos oficiais. Uma em casa contra o Arouca no ultimo minuto de jogo e outra no campo do ultimo classificado.

Não deixa de ser engraçado que o super plantel do Porto à 4 jogos que não ganhe um e que no ultimo tenha evitado uma derrota mesmo no final do jogo.

Não deixa de ser engraçado que temos 4 pontos de avanço .

Depois olho para trás, à precisamente um ano, e lembro-me de estarmos com menos 5 pontos, a irmos jogar ao campo do quarto classificado e com o Jesus a um empate ou derrota de sair do clube. Nessa altura pouco tinham jogado Oblak, Siqueira, Fejsa, André Gomes, Markovic e Rodrigo e onde praticamente todos acabaram a época como titulares.

Olho para o plantel hoje e vejo um campeão europeu na baliza com apenas 2 jogos jogados. Temos o lado direito salvaguardado. Temos na esquerda Eliseu que defende tão mal como Siqueira quando chegou e muito mais perigoso a atacar. Silvio está de regresso e pode ser mais uma opção para qualquer um dos lados da defesa. Lisandro Lopez não joga porque não fez pré-época. Quando começarem os jogos das Taças pode começar a ganhar o lugar progressivamente. No meio-campo está o grande problema deste momento. Samaris é bom mas ainda está a aprender a posição tacticamente. Com o regresso de Silvio, André Almeida pode ser libertado para o meio-campo. Fejsa quando estiver recuperado é mais outra opção e liberta o grego para a posição 8. Se Ruben Amorim ainda recuperar até Fevereiro ficamos com um meio-campo de luxo. A extremos Salvio, Gaitan e Ola Jonh e Bebe e Pizzi à espera de uma oportunidade. Na frente Talisca tem 5 golos. Está melhor que por exemplo Rodrigo na época passada por esta altura. Jonas é um jogador com a mesma média de Rodrigo e acredito que vai ajudar muito. Depois ainda existem Derley e Nelson Oliveira.

O que eu quero dizer com isto é que para mim continuamos a ter um grande plantel. Temos por exemplo Lisandro Lopez, Silvio, Fejsa, Ruben Amorim e Jonas que ainda serão muito uteis e Samaris, Eliseu ou Talisca que ainda vão melhorar bastante. Em todos os anos de Jorge Jesus a equipa melhorou significativamente a partir de Dezembro com 3/4 meses de trabalho. Este ano não deve ser diferente.

Benfiquista Primário disse...

Só para reforçar o que disse o Jon D, em relação ao Cardozo. Demorou 30 anos a termos um goleador tão eficaz, desde o Nené...e vai demorar mais ou menos o mesmo a termos outro assim. Digo-o há muitos anos e mantenho-o. Não esqueço que o Jardel não veio para o Benfica por veto do Gaspar Ramos, que terá dito 'não joga nada, só marca golos'!!! E logo os golos, que são um detalhezito tão irrelevante no futebol e um objectivo tão secundário dos pontas-de-lança...

Benfiquista Primário disse...

Quanto ao nosso actual Jardel, chega a ser confrangedor compará-lo com o Garay...ou com o Lisandro Lopez, de quem me bastou ver um jogo para perceber que tem 1000 vezes mais técnica, classe e talento. Por exemplo, sabe sair a jogar, o que é indispensável no nosso modelo de jogo - são os dois centrais e o 6 feito terceiro central que começam a agora chamada 'transição ofensiva'. Acho mesmo que o JJ devia ser o Ferguson do Benfica (não tenho memória curta, lembro-me o que fazíamos a nível nacional e europeu antes do JJ...), mas não percebo porque insiste no Jardel e deixa o Lisandro no banco.

Benfiquista Primário disse...

O meu onze do campeonato do ano passado: Oblak; Danilo, Luisão, Garay, Siqueira; Matic, Enzo Perez, Gaitán, Markovic; Rodrigo e Jackson Martinez
PS Cardozo só não está porque entre processo disciplinar, lesão prolongada e baixa de forma pôs-lesão prolongada, só foi Cardozo durante dois meses.

Filipe Monteiro disse...

Boas penso que estamos um bocado mais fracos mas nao se esquecam qu temos o silvio( que podera ser muito importante para desfesa esquerdo) e temos o fejsa que conhece as ideias do jesus e vai dar o equilibrio que falta ha defesa e ainda vai libertar o enzo para ele por a equipa a bombar