13 dezembro 2015

Setúbal vs Benfica

Deslocação difícil, o Setúbal não tinha ainda perdido em casa. Mas bastou ir lá o bi-campeão para isso acabar.

Jogo muito mexido, oportunidades de parte a parte, um Suk que é uma dor de cabeça constante, e nós meio perdidos no posicionamento defensivo (outra vez), com o Eliseu a fazer o 3º jogo seguido onde parece que quer que o tirem da equipa.

Golos de parte a parte com falhas defensivas ou carambolas à lá Sporting. Mas ganhou quem tinha que ganhar.

Lisandro:
- Agora que começa a ter menos preocupações em dar nas vistas, está cada vez melhor. Concentrado e sem querer muito protagonismo, será uma boa dor de cabeça para o Sr Rui.

Eliseu:
- Grimaldo, Siqueira, Rebocho, Pesaresi... epa,.. qualquer coisa. Em forma é para mim o melhor lateral do Benfica, porque a velocidade acaba por colmatar a burrice, mas isto não é nada... já chega.

Samaris:
- A escolha do Fejsa nalguns jogos, prende-se pela abrangência em campo. O Samaris TEM de ser titular porque é dos jogadores que menos quebrou com a saída do Jesus, e porque é o nosso melhor médio, mas tem de perceber quando deve "ir a todas" e quando se deve fixar mais.

Guedes:
- Há uns jogos para cá que tem sido insuficiente. Continua lutador, continua rápido, mas com algumas decisões difíceis de explicar. Era excelente ter o Salvio de volta para ele aprender vendo de fora alguns jogos.

Mitroglou:
- 10x melhor que o Raúl. Um é jogador de Futebol feito, experiente, bom, matador, tudo... o outro é um corredor lutador louco, que toma 1 decisão certa em 10, que precisa de aprender MUITO antes de ser titular no Benfica. Não inventes Sr Rui, Mitro sempre...

Jonas:
- Cresce quando joga com o Mitroglou e não com o Raúl. É o nosso craque a par do Gaitán, tem de jogar sempre, sempre sempre.

Pizzi:
- A vir da direita cresce e cresce e cresce. Melhor em campo?

Boa vitória, muito difícil e siga para bingo, venha o União!


PS: E o estádio do Bonfim a puxar pelo nosso treinador o jogo todo? #fairplay

4 comentários:

José Ramalhete disse...

Com tantas insuficiências como é que o passe de Raúl é valorizado de 10 para 18 milhões? É obra!

lawrence disse...

Obra financeira, digo eu!
Igual a muitas sempre com colchões à mistura!

José Ramalhete disse...

Penso mais em betão à mistura!

brmf disse...

ainda sou do tempo que neste blogue se dizia que o Pizzi nem no São Pedro da Cova tinha lugar :)