06 janeiro 2016

Olha olha o Sr. Rui...

"Em maio de 2011, em maio de 2012 e em maio de 2013 é que deviam ter sido feitas essas perguntas incómodas."

"Eu sou obcecado pelo Benfica, mas pelos vistos não sou o único. Há dois treinadores obcecados pelo Benfica."

Tu queres ver que afinal ele ainda tem Ribatejo dentro dele?

Que leve este pulso e esta energia para os treinos, que se foque nos problemas imensos que a equipa demonstra em campo, havemos de melhorar se assim for. Não escondas mais este Sr. Rui atrás do outro dos clichés e das frases feitas.

Carrega!

7 comentários:

Bzzoiro disse...

Stream de AltaQualidade : http://www.livefoot.info

Esta de volta!!!

pUlse disse...

Então mas se o homem não fala, porque não fala. Se fala, devia estar calado. Em que ficamos?

Yup

m disse...

Falta que alguém diga (não o Rui Vitória) algo que precisa de ser dito:

Jesus defende Lopetegui porque enquanto ele lá estiver, não virá um Villas-Boas para o humilhar ou um Vitor Pereira para o ajoelhar.

Nau disse...

Assim é que se fala, Rui! Há alturas em que um homem tem de explodir. E tu fizeste-o com classe e de tal maneira, que não há um benfiquista que te não aplauda.
Despreza os montes de esterco com dois olhos que andam sempre agarrados aos teus tomates, incluindo aquele artista que não é capaz de respeitar os colegas de profissão, deixa-os ladrar ao vento e à Lua, vai apontando as afrontas uma a uma, e espera pela altura certa pra lhes responderes como respondeste agora. Aposto que a partir de ontem, todos os antibenfiquistas que têm tentado desmoralizar-te, irão ser mais cautelosos quando se referem ti.
Entretanto, vai preparando a equipa para, em maio, os deixares com um melão do tamanho de uma abóbora-menina.

O Piça Fria disse...

Como treinador, Rui Vitória é medianíssimo, mas sempre foi um gajo correto e que não insultou nem rebaixou ninguém. A sua intervenção mais idiota foi a do célebre chouriço e foi anti-Benfica.

Nada justifica, portanto, que o dejeto do Alvalixo ande constantemente a tentar marrar com o Vitória, um grunho incapaz de construir uma frase em algo que se aproxime minimamente do português falado (mal) pela mediania da tugolândia.

O bolota do Alvalixo inventou a célebre metáfora das nádegas, uma metáfora adequada ao seu nível: a merda. Pois bem, agora temos o mioleira de porco e o patego do Lopes amiguinhos como duas putas. Nada como do outro lado estar o Benfica para o putedo logo se unir e começar a marrar em conjunto. No meio da sandes, bosta da Costa nem solta um pio e assiste, impávido e sereno, à cavalgada do andor verde e branco. Desde que não seja o Benfica, está tudo bem.

Por outro lado, parece que o Xistra vai para a jarra uns bons jogos. Ótimo! O Benfica fica livre do xistrema que contra si tanto tem bramido e o novo par de putas ramelosas ficam sem um dos seus inúmeros adjuvantes.

Paulo Teixeira disse...

Bom, a ultima vez que o eloquente Senhor Rui, teve afirmações que deixaram a Nação encarnada entusiasmada (quase deu uma ida ao Marquês), foi em Outubro : "Amanhã vai jogar uma equipa, que somos nós, contra onze jogadores do Sporting..."

Declarações assertivas do Senhor Rui antes do derby, no final dessa partida registou-se um empate de 0-3!

Não, hoje o Maritimo sem 5 habituais titulares não irá surpreender o Futebol rendilhado, tricotado, com aquele bela idea de jogo do Senhor Rui!

Em 25 jogos oficiais, o Senhor Rui regista "apenas" 7 derrotas, e sobretudo, coloca em causa o seu prometedor apelido. Aliás, quem superou estes extraordinários registos do Senhor Rui no Benfica?

Pulha Garcia disse...

O Rui Vitória com essas declarações de facto transmitiu uma mensagem de maior brio profissional (para não dizer "menos banana" que é o que ele tem sido até agora). Agora o que me interessa saber como Benfiquista é se o mesmo Rui Vitória tem ou não capacidade táctica e técnica para ser treinador do bi-campeão:

a) é capaz de colocar a equipa a defender bem? A subir bem em linha? Com maior coordenação defensiva?

b) é capaz de trabalhar os lances de bola parada? Há não muito tempo atrás chegámos a marcar dois golos de bola parada no mesmo jogo ao Tottenham (fora). Os nossos lances de bola parada este ano são patéticos.

c) é capaz de colocar a equipa com dois avançados em vez de por exemplo o Jonas estar no meio-campo? Vamos continuar com equívocos como André Almeida a 6? Será que dá para perceber que Samaris pode jogar mais adiantado e deixar o Fejsa na posição 6?

d) é capaz de colocar a equipa a jogar futebol de ataque e com intensidade desde o primeiro minuto e não nos últimos 20 minutos?

e) é capaz de surpreender tacticamente o adversário ou não? O que eu tenho visto é os adversários a insistir (com sucesso) nas previsíveis falhas do André Almeida e Eliseu (que nas mãos do Rui Vitória, ainda jogam pior - e sempre jogaram mal - do que nos tempos de JJ) mas nós, Benfica, não conseguimos explorar as falhas dos adversários (João Pereira/Naldo, os centrais do Porto, a defesa mal posicionada do União de Leiria, etc). O que se tem visto é que Rui Vitória prepara muito mal os jogos.

f) é capaz de optimizar o rendimento desportivo do plantel ou não? O Marçal, depois de anos a jogar regularmente no Nacional e depois de quase não ter minutos na pré-temporada, não teria sido mais útil do que o Eliseu? O Cristante não podia ter sido útil em vez de ter sido agora despachado (não é melhor do que o André Almeida a jogar a 6?). O Carcela não podia ter sido titular mais vezes?

g) é capaz ou não de fazer boa posse de bola? Com sequências de passes rápidos que surpreendam os adversários? O que se tem visto são sucessões de passes errados, baixos índices de concentração, incapacidade de fazer contra-ataques, etc.


Em rigor, acho que o Rui Vitória tem tido um fraco desempenho e é incompetente. Espero melhorias mas não é o que se tem visto. Todos os nossos jogadores - tirando o Lisandro e o Renato Sanches - estão em má forma, levamos golos em quase todos os jogos, jogamos devagar e com pouca ambição, não conseguimos fazer transposições rápidas. Lançar jovens é pouco o Benfica está feito para ser campeão. Quem não percebe isso - a começar por um presidente Vieira que apesar dos méritos de gestão escolheu para treinador não só um Rui Vitória, mas também um Hélder Cristóvão, e antes desses um Jesualdo, um Fernando Santos, um Quique Flores, etc ... - então não têm condições para estar a decidir sobre o futebol do clube.